Vanderlei Cordeiro de Lima sorri pouco antes de entrar na Avenida (Foto: Igor Siqueira)

Vanderlei Cordeiro de Lima é o primeiro Embaixador da Lei de Incentivo ao Esporte  (Foto: Igor Siqueira)

RADAR/LANCE!
06/04/2016
19:20
Brasília (DF)

Um dos grandes nomes do esporte brasileiro, o ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima foi oficialmente anunciado, nesta quarta-feira, em Brasília, como o primeiro Embaixador da Lei de Incentivo ao Esporte (LIE).

Vanderlei, que foi medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004, participou, pela manhã, no Ministério do Esporte, do Café com Incentivo, uma iniciativa em que grandes nomes do esporte brasileiro conversam com os funcionários da LIE e de outros setores do Ministério do Esporte e contam suas histórias de vida e como a LIE os ajuda em seus projetos pessoais ou dos quais participam.

Durante quase uma hora e meia, o ex-maratonista – único atleta latino-americano agraciado com a Medalha Pierre de Coubertin, uma das maiores honrarias concedidas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e destinada apenas àqueles que demonstram, durante suas carreiras, um alto comprometimento com os valores esportivos e humanitários – discursou sobre sua história de vida, sobre o episódio em que foi agarrado por um fanático religioso enquanto liderava, no quilômetro 35, na maratona nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004, e, obviamente, destacou a importância da LIE para o grande projeto ao qual se dedica há alguns anos.

Vanderlei encerrou sua carreira há oito anos e, em 2009, fundou, em Campinas (SP), o Instituto Vanderlei Cordeiro de Lima. Isso só foi possível devido aos recursos captados junto à Lei de Incentivo ao Esporte. Com isso, o ex-maratonista espera retribuir, por meio de seu instituto, tudo o que o esporte lhe deu. Perguntado como se sentia após ser anunciado como o primeiro embaixador da Lei de Incentivo ao Esporte, o ex-maratonista destacou a grande missão que terá pela frente. 

- Para mim é gratificante ter recebido o convite para estar aqui nesse Café com Incentivo e poder contar um pouco da minha história de vida e do nosso trabalho junto à Lei de Incentivo - disse, contando ainda que já se sentia dono deste cargo.

- Na verdade, eu já me sentia um embaixador da lei, porque a gente acaba difundindo a importância dela no cenário esportivo nacional. Mas ser agraciado como embaixador hoje é um reconhecimento. É uma grande missão e acho que é um compromisso, não só meu, mas de todo esportista que têm trabalho de desenvolvimento junto ao esporte brasileiro - acrescentou.

Vanderlei ainda falou sobre as oportunidades que a Lei de Incentivo ao Esporte pode oferecer, assim como seus impactos. 

- É um compromisso fazer com que o esporte brasileiro possa crescer cada vez mais e aproveitar todas essas oportunidades que a Lei de Incentivo está nos proporcionando para fazer com que ela possa crescer cada vez mais, ser difundida e ser conhecida para que esses recursos possam chegar aonde há essa grande necessidade, principalmente, no meu ponto de vista, na base - encerrou Vanderlei

O Instituto Vanderlei Cordeiro de Lima atende atualmente 220 crianças e jovens, entre 6 e 17 anos, que têm a chance de treinar todas as modalidades do atletismo. Entre os jovens revelados no Instituto está Jonathan Riekmann, classificado para os Jogos Olímpicos Rio 2016 para a prova dos 50km da marcha atlética.