O nadador francês Florent Manaudou é o atual campeão olímpico dos 50 m livre

Florent Manaudou decidiu diminuir o ritmo de treinos na natação (Foto: AFP PHOTO / JEAN-FRANCOIS MONIER)

LANCE!
27/09/2016
15:12
São Paulo (SP)

O nadador Florent Manaudou causou surpresa nesta terça-feira. Aos 25 anos, o francês anunciou que vai se dedicar menos aos treinos de natação, além de passar a treinar em uma outra modalidade: o handebol. A revelação foi feita em uma entrevista para a AFP.

- Saindo do ciclo de quatro anos coroados com medalhas olímpicas, quero me preservar e ainda assim ter o prazer que tem sido meu motor principal nesses oito anos. Por isso, eu decidir fazer um parênteses do meu treinamento triplo diário (duas sessões de natação e uma de musculação), seguindo como um nadador em ativa, mas que competirá em certas competições este ano - afirmou o atleta.

Manaudou foi nos últimos anos o principal rival do brasileiro Cesar Cielo, principalmente nas provas dos 50m livre. O francês foi campeão olímpico da distância nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, na Inglaterra, e faturou o ouro no Mundial de Kazan, de 2015, na Rússia. Neste ano, ele ficou com a medalha de prata na Olímpíada do Rio de Janeiro, quando foi superado pelo americano Anthony Ervin.

Com a diminuição na intensidade nos treinamentos voltados para a natação, o nadador pretende conciliar seu tempo livre com a prática do handebol, modalidade que foi deixada de lado ainda em sua juventude.

- Não tenho outra ambição a não ser dar o meu melhor e encontrar uma fonte de prazer diferente. Comecei a treinar com o segundo time do clube Aix Handball, porque larguei o esporte coletivo muito cedo como complemento da natação - explicou o competidor.

Manaudou também apontou a pressão por bons resultados como um dos motivos para decidir diminuir o ritmo de sua carreira como nadador.

A decisão do francês chega a ser parecida com a de sua irmã, Laure. Campeã olímpica nos 400m livre em Atenas-2004, na Grécia, ela anunciou a aposentadoria em 2009, aos 22 anos. Dois anos depois, ela retornou às piscinas, mas em 2013, aos 26, abandonou de vez o esporte.