RADAR/LANCE!
29/03/2016
12:04
Macaé (RJ)

A relação entre Macaé Basquete e a SIT (Sistema Integrado de Transportes de Macaé), uma das principais parceiras nas últimas temporadas, existe há pouco mais de dois anos e agora está ainda mais forte. Nesta segunda-feira, foi lançado na sede da empresa, o Projeto 'Jogando Junto', que beneficiará os filhos dos funcionários da patrocinadora com aulas gratuitas da modalidade oferecida pela Macaé Basquete.

No evento de lançamento, os jogadores do time profissional e a comissão técnica realizaram uma dinâmica com os funcionários da sede da empresa, jogando basquete no pátio da companhia. O projeto visa continuar fomentando o esporte no município, e as aulas começam no dia 16 de abril, para crianças e jovens entre 8 e 14 anos. O diretor executivo da SIT, Renato Monteiro, exaltou a iniciativa.

- A parceria é fruto de uma política de integração da empresa com a população. Sabemos a importância dessa divulgação da cidade e que as pessoas tenham orgulho daqui. Macaé hoje é referência nacional e o nosso compromisso é com os cidadãos - disse Renato.

O técnico Léo Costa também falou sobre o projeto. O treinador lembrou de outros projetos feitos pelo clube, com o Basquete na Praça, e citou a importância da parceria.

- É muito importante. É uma forma de retribuir o grande apoio da SIT ao nosso projeto. Mais uma temporada que estão com a gente e isso faz com que consigamos seguir nessa caminhada. Temos muitos projetos, como o Basquete na Praça (aulas gratuitas de basquete em seis praças da cidade), o Basquete Sobre Rodas (time de cadeirantes), as categorias de base e o time adulto. Esse projeto é uma uma forma de aproximar o funcionário da empresa e nos aproximar também, estreitando a parceria - disse o técnico Léo Costa.

Nesta terça-feira, o Macaé Basquete faz seu último jogo no NBB8. O adversário é o atual tricampeão nacional, o Flamengo, e a partida está marcada para às 20h, no Ginásio do Tênis Clube (Juquinha). Os ingressos antecipados estão sendo vendidos pelo valor de R$ 5 (até três horas antes do jogo). Alunos da rede pública de ensino com uniforme não pagam entrada.