Campo Mourão

Americanos destaques do Campo Mourão Basquete convocaram torcida para os jogos (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
21/03/2016
16:42
Campo Mourão (PR)

Quatro jogos e quatro vitórias. Com esta campanha o Campo Mourão Basquete (CMB) é líder da Liga Ouro, competição que da acesso ao NBB (Novo Basquete Brasil) e terá agora quatro jogos em casa. Nesta terça e quinta-feira, a equipe recebe o Vasco da Gama , e nos dias 14 e 16 de abril, enfrenta o Ginástico, sendo todos os quatro jogos às 20h15, no Ginásio JK, em Campo Mourão.

Ao que parece, estes quatro jogos vão definir a próxima fase da competição, tudo isto porque caso vença três das quatro partidas, o time paranaense praticamente garante vaga pelo menos no playoff da Liga Ouro.

Mesmo com a boa fase, o treinador do Campo Mourão Basquete, Emerson de Souza, mantém os pés no chão e diz pensar jogo a jogo.

- Não acho que a nossa vida na competição ficará mais fácil daqui para frente, porém, acredito que graças ao entrosamento que estamos conseguido a cada jogo e a cada treino, ficaremos mais próximos das vitórias, porém, sempre pensando que o próximo jogo será o mais importante - finalizou Souza.

Destaques do CMB na competição, principalmente depois da virada conquistada no último segundo sobre o Ginástico, em Belo Horizonte, os americanos Leon Sutton e Milton Garner chamaram a torcida para os próximos jogos. Segundo o armador norte-americano Leon Sutton, serão quatro complicados jogos.

- Eu acredito que o JK vai estar lotado, pois o Vasco da Gama e Ginástico são dois grandes times e farão grandes jogo – disse Leon, aproveitando para chamar a torcida para as partidas.

- Torcida do Campo Mourão Basquete, nós precisamos do seu apoio, esta é um grande competição para todos nós. Espero todos aqui, queremos o ginásio lotado - destacou Leon.

Por fim, o ala/armador Milton Garner revelou suas expectativas para os próximos jogos em casa.

- Serão jogos complicados. Vasco e Ginástico tem grande jogadores e que se conhecem muito bem. Acredito que serão quatro jogos complicados - finalizou Garner.