Vôlei Brasil Kirin x Montes Claros

Vôlei Brasil Kirin terminou a fase de classificação na quarta posição João Neto/Vôlei Brasil Kirin

LANCE!
03/04/2017
16:37
São Paulo (SP)

Classificado para as semifinais da Superliga masculina pela terceira vez em sua história, o Vôlei Brasil Kirin iniciou a semana de olho nos confrontos contra o Sada Cruzeiro. O primeiro está marcado para este sábado, às 20h30, em solo mineiro, e os campineiros começaram os trabalhos focados em fazer uma boa série e tentar mais uma classificação para a decisão da competição.

- A expectativa é fazer uma semifinal disputada, com bons duelos. O Cruzeiro é o favorito, terminou a primeira fase como líder, mas vamos brigar, buscar fazer jogos bonitos, equilibrados e tentar a classificação - comentou o ponteiro Diogo.

- Temos que entrar acreditando nas nossas forças, mostrar vontade, garra e ir com tudo. Sabemos que o Cruzeiro é uma grande equipe, mas vamos estudá-los, assim como foi contra Montes Claros, para buscar neutralizar os principais pontos positivos deles - completou o levantador Rodriguinho.

Destaque nas quartas de final, contra Montes Claros na recepção, com 53% de aproveitamento, Diogo ainda indicou qual caminho o time campineiro deve seguir para tentar surpreender os atuais campeões da Superliga.

- Estivemos bem no bloqueio-defesa durante toda série contra Montes Claros. É uma estratégia que começa lá no saque, dificultando a vida do adversário. Por isto, temos que arriscar um pouco mais no serviço para facilitar o trabalho para o pessoal do fundo de quadra e dos bloqueadores.

Durante a série contra Montes Claros, o Vôlei Brasil Kirin teve uma média de sete aces por jogo. O central Maurício Souza terminou os duelos de quartas de final com dez pontos no serviço. No bloqueio, a média foi de 9,6 pontos por jogo e o destaque foi Vini, com 12 acertos no fundamento.

O Sada Cruzeiro é o atual tetracampeão da Superliga e, nesta edição, perdeu apenas uma partida, atuando com o time misto.