Sebastian Coe, presidente da Iaaf

Pelo menos oito atletas russos são suspeitos de competirem com substâncias dopantes

LANCE!
16/12/2016
19:41
São Paulo

A Federação Internacional de atletismo (IAAF) anunciou que reavaliará as amostras coletadas de esportistas russos participantes do Mundial Indoor de Atletismo, sediado em Sopot, na Polônia, em 2014.

Segundo o Relatório McLaren, documento formulado pelo professor canadense Richard McLaren, apontam que pelo menos oito atletas competiram sob o efeito de substâncias dopantes no mundial. A Rússia conquistou cinco medalhas, três de ouro e duas de prata.

As investigações denunciam três casos testosterona acima do nível normal, quatro testes contendo ostarina (suplemento acusador de aumento de massa muscular) e um caso que continha tanto ostarina como turinabol (que aumenta a força muscular). Os nomes dos atletas não foram divulgados, exitem suspeitas que estes sejam medalhistas olímpicos.