icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/08/2015
12:45

Em preparação para o Sul-Americano, que será disputado em Maceió, entre os dias 29 de setembro e quatro de outubro, a Seleção Brasileira masculina de vôlei venceu o primeiro de uma série de quatro amistosos contra os Estados Unidos por 3 sets a 2, com parciais de 20-25, 25-23, 36-34, 20-25 e 15-13), nesta segunda-feira, em Long Island, na Califórnia.

O torneio também serve de experiência para os brasileiros visando aos Jogos Olímpicos Rio-2016. Como o país não pôde participar da Copa do Mundo, que acontecerá em setembro, por já ter a vaga olímpica assegurada como sede, os amistosos ajudam o técnico Bernardinho a aquecer os jogadores. As equipes voltarão à quadra às 23h (Horário de Brasília) desta terça-feira, em São Diego, na Califórnia.

O Brasil começou a partida com o levantador Bruninho, o oposto Evandro, os ponteiros Lipe e Lucarelli, os centrais Isac e Lucão, além do líbero Serginho. Entraram durante o confronto o oposto Renan e o levantador Raphael.

O ponteiro Lucarelli foi o maior pontuador entre os brasileiros, com 18 acertos. O atacante Lipe, com 14, o oposto Evandro, com 13, e os centrais Lucão e Isac, com 12 cada também pontuaram bem para o time verde e amarelo. Apesar da derrota, os Estados Unidos tiveram o maior pontuador do confronto, o oposto Anderson, com 32 acertos.

– Foi um jogo muito duro, muito físico, com ralis longos e saques pesados. O Serginho esteve muito bem, tanto no passe, como na defesa, e mostrou que cresceu em relação a Liga Mundial. Jogamos com um time mais de ataque com Lucarelli e Lipe. O Evandro não conseguiu fazer seu melhor jogo, e os centrais e o Bruno desempenharam um bom papel. A avaliação desse primeiro amistoso é positiva, mas, como time, temos que crescer no sistema defensivo – disse Bernardinho.

Em preparação para o Sul-Americano, que será disputado em Maceió, entre os dias 29 de setembro e quatro de outubro, a Seleção Brasileira masculina de vôlei venceu o primeiro de uma série de quatro amistosos contra os Estados Unidos por 3 sets a 2, com parciais de 20-25, 25-23, 36-34, 20-25 e 15-13), nesta segunda-feira, em Long Island, na Califórnia.

O torneio também serve de experiência para os brasileiros visando aos Jogos Olímpicos Rio-2016. Como o país não pôde participar da Copa do Mundo, que acontecerá em setembro, por já ter a vaga olímpica assegurada como sede, os amistosos ajudam o técnico Bernardinho a aquecer os jogadores. As equipes voltarão à quadra às 23h (Horário de Brasília) desta terça-feira, em São Diego, na Califórnia.

O Brasil começou a partida com o levantador Bruninho, o oposto Evandro, os ponteiros Lipe e Lucarelli, os centrais Isac e Lucão, além do líbero Serginho. Entraram durante o confronto o oposto Renan e o levantador Raphael.

O ponteiro Lucarelli foi o maior pontuador entre os brasileiros, com 18 acertos. O atacante Lipe, com 14, o oposto Evandro, com 13, e os centrais Lucão e Isac, com 12 cada também pontuaram bem para o time verde e amarelo. Apesar da derrota, os Estados Unidos tiveram o maior pontuador do confronto, o oposto Anderson, com 32 acertos.

– Foi um jogo muito duro, muito físico, com ralis longos e saques pesados. O Serginho esteve muito bem, tanto no passe, como na defesa, e mostrou que cresceu em relação a Liga Mundial. Jogamos com um time mais de ataque com Lucarelli e Lipe. O Evandro não conseguiu fazer seu melhor jogo, e os centrais e o Bruno desempenharam um bom papel. A avaliação desse primeiro amistoso é positiva, mas, como time, temos que crescer no sistema defensivo – disse Bernardinho.