Ester Ledecka, que foi campeã no esqui alpino Super-G nas Olimpiadas de Inverno

(Foto: JAVIER SORIANO / AFP)

LANCE!
24/02/2018
15:23

A tcheca Ester Ledecká marcou definitivamente seu nome na história de Jogos Olímpicos de Inverno. Neste sábado, ela confirmou o favoritismo na prova do snowboard slalom paralelo gigante em Pyeongchang, na Coreia do Sul, e se tornou a primeira atleta campeã em duas modalidades diferentes na mesma edição do evento. Desta vez, sem grandes surpresas.

No último dia 17, a jovem de 22 anos calou o mundo dos esportes ao faturar o ouro em uma prova que está longe de ser sua especialidade, o Super G do esqui alpino. O objetivo na ocasião era apenas esquentar para a disputa favorita. A despretensão era tanta que Ester competiu com esquis emprestados de uma colega.

Mas a expectativa sobre a snowboarder para a competição de ontem era grande. Bicampeã mundial na modalidade, a estrela derrotou na decisão a alemã Selina Jörg, que levou a prata, por apenas 46 centésimos. Já o bronze ficou com a alemã Ramona Theresia Hofmeister.

– Eu não achava que isso ia acontecer, e agora (as medalhas) estão aqui. Estou muito feliz e vou pensar neste momento pelo resto da minha vida. Espero que venham mais momentos desses. Cheguei aqui e, imediatamente, a garota do snowboard apareceu. Simplesmente competi com confiança, aproveitei a prova e me diverti – declarou Ledecká.

Em toda a história dos Jogos Olímpicos de Inverno, dois homens já venceram tanto no snowboard quanto no esqui, mas não na mesma edição, como Ledecká: Thorleif Haug (1924) e Johan Grottumsbraten (1928), campeões no Combinado Nórdico e Esqui Cross Country.

– Desde criança, as pessoas me falavam que eu tinha de me especializar em apenas um esporte, que não era possível disputar duas modalidades em alto nível. Eu dizia “não, vou fazer meu melhor e buscar o topo dos dois esportes” – contou a Ledecká, que é filha de uma ex-atleta da patinação artística com um cantor famoso da República Tcheca.

No masculino, o suíço Nevin Galmarini ficou com o ouro ao derrotar o sul-coreano Sangho Lee por apenas 43 centésimos.