Douglas Brose

Douglas Brose não conseguiu repetir o título mundial (Foto:Divulgação/COB)

LANCE!
27/10/2016
16:31
São Paulo (SP)

O brasileiro Douglas Brose não teve o desempenho esperado no Campeonato Mundial de caratê, em Linz, na Áustria. Nesta quinta-feira, o carateca foi eliminado da competição de forma precoce e ficou sem chances de ir ao pódio. Competindo como atual campeão na categoria até 60kg, o atleta tinha medalhado nas quatro últimas edições.

Brose estava com uma grande expectativa para o torneio. Não apenas para faturar sua quinta láurea, mas também por essa ser a primeira grande competição desde que a modalidade foi incluída nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Só que o resultado esperado não foi alcançado.

O brasileiro caiu na terceira rodada diante do francês Sofiane Agoudjil. Após empate em 1 a 1 durante todo o combate, o europeu levou a melhor na decisão da arbitragem. Para infelicidade do competidor do Brasil, seu adversário caiu na semifinal, o que tirou suas chances de voltar à competição na repescagem.

Antes de sua eliminação, Brose tinha derrotado Jose Rivas, de Nicarágua, e Kalvis Kalnins, da Letônia.

Até então, o carateca brasileiro tinha quatro medalhas em Mundiais: duas de ouro (Bremen-2014, Belgrado-2010), uma de prata (Paris-2012) e uma de bronze (Tóquio-2008)

Disputa por medalha
Se Douglas Brose ficou sem chances de medalha, o Brasil garantiu pelo menos uma vaga no pódio no Mundial caratê deste ano. Após vencer cinco combates, Valeria Kumizaki, na categoria até 55kg, se classificou para a final, contra a francesa Emilie Thouy. A decisão acontece neste fim de semana.

Outra possibilidade de medalhar é com Vinícius Figueira (67kg). O atleta está na final da repescagem, contra o venezuelano Andres Madera, e luta pelo bronze também nos próximos dias.

Já Maike de Oliveira (61kg) e Aline de Paula (50kg) foram eliminadas do torneio.