Cam Newton - Dabbing

Fera do Carolina Panthers, Cam Newton torna-se o quarterback que mais touchdowns marcou na história da  NFL (44) ao correr 1 jarda para o gol contra o Broncos . Porém,  amargou mais uma derrota para o rival  (Foto: Reprodução)

RADAR/LANCE!
09/09/2016
01:22
Denver (EUA)

Começou na noite desta quinta-feira mais uma temporada 2016 da NFL. No Texas, o atual campeão Denver Broncos reeditou a final do último Super Bowl contra o Carolina Panthers e, num ótimo e dramático jogo, voltou a vencer o rival, por apetadíssimo 21 a 20, isso depois de entrar no último quarto perdendo por 17 a 7 e vendo o rival errando um field goal quando restavam nove segundo para o fim (se acertasse a vitória seria do visitante) deixando a torcida eufórica.

O Denver entrou na partida como uma grande incógnita. Afinal, com a aposentadoria de Peyton Manning e a ida do quarterback reserva Brock Osweiler para o Houston Texans, o time precisou lançar mãos do segundo reserva, Trevor Siemian para ser o seu comandante.  O jogador, que jamais iniciara uma partida ou acertara um passe teve uma atuação mediana, com 18 passes certos em 26 para 178 jardas, além de um passe para TD e duas interceptações. Mas o grande destaque foi o running back C.J. Anderson. Na corrida, ele fechou com 92 jardas e um touchdown. No passe ele recebeu para 47 jardas e conseguiu um TD. 

Cam Newton não fez um partida brilhante, mas ao marcar um touchdown no segundo quarto, ele tornou-se o quarterback que mais TDs marcou na história da NFL, com 44, superando os 43 de Steve Young (ídolo do San Francisco 49ers nos anos 90). Seus números: 18 passes certos em 33 tentativas , 194 jardas, um TD e uma interceptação. O destaque dos vice-campeões da temporada passada foi Kelvin Benjamin, com 91 jardas  e 1 TD.

O JOGO

O primeiro tempo mostrou o Carolina Panthers bem ligado na defesa, conseguindo recuperar a bola (turnovers) nas duas primeiras jogadas e sair para o intervalo com a vantagem de 17 a 7. Para isso valeu a boa presença do wide receiver Kelvin Benjamin, que encaixou quatro bolas que resultaram avanços importantes e uma deles fazendo o touchdown, e Cam Newton, mais uma vez correndo para um touchdown que fez dele o recordista.

No Denver, Siemian sofreu uma interceptação, mas teve uma boa performance, acertando 8 passes em 12, embora com pouco avanço (92 jardas). Quem carregou o ataque nas costas foi o running back C.J. Anderson, com 9 corridas para 52 jardas. Nesta etapa inicial, dois novatos do Broncos viveram momentos distintos. O running back Devontae Booker em sua primeira jogada na NFL sofreu um fumble e perdeu a bola. Já o fullback Andy Janovich - único novato titular do time do Broncos - fez um touchdown de 28 jardas na primeira bola que recebeu como jogador profissional.

O jogo movimentado que se viu nos dois primeiros quartos não se repetiu na etapa final, Já que as defesas passaram a mostrar maior eficácia. Os lances de destaque foram a interceptação do passe de Sieman feito pelo cornerback Bene Benwikere e um incrível punt (chute que devolve a  bola ao rival) de Andy Lee de 76 jardas, o maior da história do Carolina Panthers.

Só que na primeira jogada do último quarto, Siemian acertou seu primeiro passe para TD ao lançar uma bola para C.J. Anderson que encaixou e correu 28 jardas para a end zone, fazendo 17 a 13.  Na jogada seguinte, Cam Newton foi interceptado e a jogada terminou em novo TD de C.J. Anderson, de 1 jarda. Denver virava o jogo.

O  final foi dramático. O Carolina diminuiu para 21 a 20 num field goal e conseguiu segurar o Denver no ataque seguinte,  obtendo a posse de bola restando três minutos para o fim. Neste ataque,  o Carolina conseguiu avançar numa quarta descida para 21 jardas graças a uma falta. Depois, Benjamin encaixou numa terceira vaga para dez.  Restando nove segundos, o Kicker Graham Gano  errou um  field goal de 50 jardas. Vitória do Denver Broncos.