icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/08/2015
10:40

O segundo round do duelo entre o jamaicano Usain Bolt e o americano Justin Gatlin, apelidado de briga entre o bem e o mal pelos recorrentes casos de doping de Gatlin, já está marcado. Nesta quarta-feira, ambos avançaram para a decisão dos 200m rasos, que acontece nesta quinta, às 9h55 (de Brasília).

Correndo na última bateria do dia, Bolt terminou a prova de uma maneira peculiar. Após chegar a alguns metros da linha de chegada com uma larga vantagem aos outros competidores, completou os 200m em 19s95, rindo e conversando com o atleta da raia ao lado, o sul-africano Anaso Jobodwana (20s01). Ramil Guliyev (TUR) foi o terceiro (20s10).

O jamaicano é o atual bicampeão olímpico nos 100m, 200m e no revezamento 4x100m, além de deter três títulos mundiais em cada uma dessas provas. O recorde mundial nos 100m e 200m também pertence a Bolt, com 9s58 e 19s19, respectivamente.

Justin Gatlin, por sua vez, cravou o melhor tempo do dia, com 19s87, e também avançou a decisão, assim como o panamenho Alonso Edward (20s02) e o qatari Femi Ogunode (20s05). Na primeira bateria do dia, o britânico Zharnel Hughes (20s14) e o jamaicano Nickel Ashmeade (20s19) saíram classificados.

O encontro entre Bolt e Gatlin será o segundo nesse mundial, visto que os dois também correram lado a lado a prova dos 100m rasos. Na ocasião, o jamaicano levou a melhor por um centésimo de segundo: 9s79 contra 9s80. E agora, quem leva a melhor?

O segundo round do duelo entre o jamaicano Usain Bolt e o americano Justin Gatlin, apelidado de briga entre o bem e o mal pelos recorrentes casos de doping de Gatlin, já está marcado. Nesta quarta-feira, ambos avançaram para a decisão dos 200m rasos, que acontece nesta quinta, às 9h55 (de Brasília).

Correndo na última bateria do dia, Bolt terminou a prova de uma maneira peculiar. Após chegar a alguns metros da linha de chegada com uma larga vantagem aos outros competidores, completou os 200m em 19s95, rindo e conversando com o atleta da raia ao lado, o sul-africano Anaso Jobodwana (20s01). Ramil Guliyev (TUR) foi o terceiro (20s10).

O jamaicano é o atual bicampeão olímpico nos 100m, 200m e no revezamento 4x100m, além de deter três títulos mundiais em cada uma dessas provas. O recorde mundial nos 100m e 200m também pertence a Bolt, com 9s58 e 19s19, respectivamente.

Justin Gatlin, por sua vez, cravou o melhor tempo do dia, com 19s87, e também avançou a decisão, assim como o panamenho Alonso Edward (20s02) e o qatari Femi Ogunode (20s05). Na primeira bateria do dia, o britânico Zharnel Hughes (20s14) e o jamaicano Nickel Ashmeade (20s19) saíram classificados.

O encontro entre Bolt e Gatlin será o segundo nesse mundial, visto que os dois também correram lado a lado a prova dos 100m rasos. Na ocasião, o jamaicano levou a melhor por um centésimo de segundo: 9s79 contra 9s80. E agora, quem leva a melhor?