Universíade de Verão 2017 é oficialmente aberta em Taipei

CBDU/Be Nice Films

LANCE!
19/08/2017
16:12
Taipei (Taiwan)

A 29 edição da Universíade de Verão, em Taipei, foi aberta na noite de sexta-feira com 19 brasileiros que estiveram nos Jogos Olímpicos Rio-2016 e se enquadraram no regulamento da competição em Taiwan por também serem universitários. A cerimônia de abertura contou com cor, fogos de artifício e apresentações culturais hi-tech.

O país tem uma das maiores delegações, com mais de 300 integrantes, e levou nomes em 14 dos 21 esportes. As principais atrações são o medalhista de bronze do taekwondo Maicon Andrade e os nadadores Henrique Martins e Manuella Lyrio.

No vôlei feminino, o time conta com quatro atletas do atual campeão da Superliga, o Sesc (antigo Rexona-Sesc): a oposto Natiele, a central Linda Jéssica, a levantadora Carol Leite e a central Mayhara. A ponteira Fernanda Tomé, que esteve na Seleção Brasileira principal este ano, também foi chamada.

Em pronunciamento, o prefeito de Taipei, Ko Wen-Je, destacou como princípio dos Jogos a coragem dos atletas para enfrentar desafios.

– Paz, amizade, paixão e vitalidade. A coragem é o hino da juventude. Nunca desistam – disse o político.

A Universíade vai até dia 30 de agosto e contempla as seguintes modalidades: atletismo, basquetebol, saltos ornamentais, esgrima, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, judô, natação, tênis de mesa, taekwondo, tênis, vôlei, polo aquático, tiro com arco, badminton, beisebol, golfe, patinação, halterofilismo e wushu. As competições são realizadas em mais de 70 praças esportivas e reúnem cerca de 10 mil alunos-atletas de mais de 170 países.

– Eles tentam usar elementos do próprio país para fazer coisas diferentes. Não tem como não se emocionar. Apesar de ser o mesmo evento, é tudo totalmente novo. Não dá para explicar – disse Luiz Henrique Dias Junior, do badminton, que faz Engenharia Civil na PUC de Campinas.

Na última sexta-feira, o futebol fez 17 a 0 sobre a Colômbia no feminino, e 3 a 2 sobre a Rússia no masculino.

Em 2015 na Coreia do Sul, o Brasil encerrou na 23ª colocação no quadro de medalhas.