Com brasileiros confirmados, Volvo Ocean Race divulga lista de atletas

Sete equipes disputam a etapa de Alicante da Volvo Ocean Race Pedro Martinez/Volvo Ocean Race

LANCE!
20/10/2017
15:29
Alicante (ESP)

As sete equipes que disputam a Volvo Ocean Race já definiram os atletas que estarão a bordo para a primeira etapa, entre Alicante, na Espanha, e Lisboa, em Portugal, na manhã deste domingo. Os brasileiros Joca Signorini e a campeã olímpica Martine Grael estão confirmados na prova, que terá 1.450 milhas náuticas (2.650 km). Outros nomes de peso da vela mundial como os neozelandeses Peter Burling e Blair Tuke (ganhadores da America's Cup e Rio-2016) e os espanhóis Xabi Fernandéz e Tamara Echegoyen (ouro em Atenas-2004 e Londres-2012) também fazem parte da lista.

O brasileiro Joca Signorini inicia sua quarta Volvo Ocean Race como atleta profissional. Campeão da regata em 2008-09, o velejador acredita que essa edição será uma das mais fortes tecnicamente da história.

- A regata de volta ao mundo sempre esteve entre os principais eventos da modalidade e, claro, com os melhores velejadores sempre presentes. Mas agora a qualidade técnica deles é incrível. São medalhistas olímpicos, vencedores da America's Cup e da própria Volvo Ocean Race. Isso só enriquece a competição. O importante é disputar regatas contra os melhores - disse o carioca integrante do team AkzoNobel.

Campeã olímpica na Rio-2016, Martine Grael fará sua estreia na Volta ao Mundo, também a bordo do team AkzoNobel. Na prática, a velejadora terá sua primeira grande experiência em provas de oceano, já que dedicou sua carreira até agora à regatas com distâncias curtas, como as provas olímpicas.

- Será a primeira vez que vou passar mais dias velejando de fato e, logo de cara, vou pegar uma semana. Nas regatas-treino, eu fiquei no máximo três noites seguidas competindo. O bom dessa primeira etapa é que vamos pegar vento de popa até Portugal. Nos treinos enfrentamos muito contravento.

A Leg 1 entre Alicante, na Espanha, e Lisboa, Portugal, obrigará os barcos a passar pela ilha de Porto Santo antes de sprint final rumo à capital portuguesa.
A regata promete ser bastante complicada do ponto de vista técnico, mesmo sendo uma das mais curtas da regata.

O português Bernardo Freitas, integrante do Turn the Tide on Plastic, acredita que sua equipe não terá vantagem por conhecer o lugar. O veleiro comandando pela britânica Dee Cafari é de bandeira portuguesa. 

- É a terceira vez que a Volvo Ocean Race chega em Lisboa e os velejadores são do mais alto nível. Talvez a nossa única vantagem seja na aproximação à linha de chegada por conhecer o regime de ventos local.

Confira os times participantes da regata:

Dongfeng Race Team: Charles Caudrelier (skipper), Pascal Bidégorry, Stuart Bannatyne, Jérémie Beyou, Daryl Wislang, Marie Riou, Carolijn Brouwer, Jackson Bouttell, Chen Jinhao (Horace), Richard Edwards (OBR)

Team AkzoNobel: Brad Jackson (skipper), Jules Salter, Joca Signorini, Nicolai Sehested, Emily Nagel, Martine Grael, Luke Molloy, Rome Kirby, Brad Farrand, 
Konrad Frost (OBR)

Team Brunel: Bouwe Bekking (skipper), Carlo Huisman, Alberto Bolzan, Kyle Langford, Andrew Cape, Maciel Cicchetti, Peter Burling, Annie Lush, Abby Ehler, Martin Keruzoré (OBR)

Team Sun Hung Kai/Scallywag: David Witt (skipper), Alex Gough, Annemieke Bes, Ben Piggott, John Fisher, Luke Parkinson, Steve Hayles, Tom Clout, Jeremie Lecaudey (OBR)

Turn the Tide on Plastic: Dee Caffari (skipper), Nico Lunven, Martin Strömberg, Liz Wardley, Annalise Murphy, Francesca Clapcich, Bianca Cook, Lucas Chapman, Bleddyn Mon, Bernardo Freitas, Jen Edney (OBR)

Vestas 11th Hour Racing: Charlie Enright (skipper), Simon Fisher, Mark Towill, Phil Harmer, Nick Dana, Tom Johnson, Tony Mutter, Stacey Jackson, Jena Hansen, James Blake (OBR)

MAPFRE: Xabi Fernández (skipper), Joan Vila, Pablo Arrarte, Rob Greenhalgh, Antonio "Ñeti" Cuervas-Mons, Blair Tuke, Willy Altadill, Sophie Ciszek, Támara Echegoyen, Ugo Fonollá (OBR)