Curry x James - final da NBA

Stephen Curry (esq.) quer manter script inalterado. LeBron James se apoia no retrospecto (Foto: Reprodução)

Felipe Domingues
02/06/2016
09:15
São Paulo (SP)

A decisão da NBA nesta temporada terá de novo um duelo entre Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers. Porém, se engana quem pensa que a sequência é “mais do mesmo”. O motivo é simples: nos últimos 50 anos, a final da liga foi igual oito vezes em campeonatos seguidos. E o resultado? Diferente em seis deles. Nesta quinta-feira, a partir das 22h (de Brasília), em Oakland, o time da casa tenta mudar essa história.

No ano passado, a franquia da Califórnia conquistou o título após bater o time de Ohio na série em melhor de sete por 4 a 2. Stephen Curry, então MVP da temporada, levantou seu primeiro troféu da NBA, contra um LeBron James que havia alcançado sua quinta decisão seguida.

Na ocasião, o Cavaliers sofreu sem dois de seus principais jogadores, lesionados: Kyrie Irving e Kevin Love. Desta vez, quem levou um “baque” com problemas físicos foi o Warriors, que viu Curry se contundir duas vezes na série de primeira rodada contra o Houston Rockets. Assim, o time sofreu nos playoffs, vencendo 12 vezes em 17 duelos.

- Estamos melhor construídos nessas finais do que no último ano. Vencer significaria tudo para mim. Temos um outro ano embaixo dos braços e estamos felizes pela oportunidade. Mas jogaremos contra um time inacreditável, de tirar o chapéu - comentou James.

Amparado pelo retrospecto, o Cleveland de LeBron, que venceu 12 jogos em 14 nos playoffs, torce para que não seja só essa “sorte” que tenha mudado de lado. Apesar de já ter tido bicampeões nos últimos 50 anos, a NBA teve poucas decisões iguais de forma consecutiva, com só dois times mantendo o resultado inicial.

Russell Westbrook e Stephen Curry
O Golden State passou pelo Oklahoma City na final do Oeste (AFP)

Em 1968 e 1969, o Boston Celtics bateu o Los Angeles Lakers na final da liga. Após 30 anos, em 1997 e 1998, foi a vez de o Chicago Bulls deixar o Utah Jazz para trás duas vezes.

E também se engana quem pensa que a presença do MVP do lado do Warriors, Curry, pode servir como fator de desequilíbrio para manter o troféu em Oakland. Nas 16 “repetições”, o melhor atleta do ano pertencia a um dos times em sete, saindo derrotado de quadra três vezes.

No cinema, alguns dos maiores filmes possuem sequências. Os scripts podem mudar, mas a emoção, não. Agora, a pelo menos quatro jogos do fim, a NBA segue com dúvidas a sanar.

Quem leva a melhor no embate entre o “Poderoso Chefão” do Warriors, Stephen Curry, e o do Cavaliers, LeBron James? Os “Vingadores” de Cleveland terão alguma chance contra a “Tropa de Elite” de Golden State? Em meio a essas especulações, uma certeza é clara: a “Guerra de Estrelas” promete.

SEQUÊNCIAS DE PESO

Boston Celtics x Los Angeles Lakers
Os times se enfrentaram nas finais de 1968 e 1969, com duas vitórias do Boston.
......................
Los Angeles Lakers x New York Knicks

As franquias duelaram em 1972, com triunfo do Lakers, e 1973, com vitória do Knicks.
......................
Seattle Supersonics x Washington Bullets

Novo duelo repetido na NBA, e nova troca de resultados. Em 1978, título do Bullets e, em 1979, vitória do Sonics.
......................
Los Angeles Lakers x Philadelphia 76ers
Na década de 1980, as equipes protagonizaram duas decisões da NBA. Na primeira, em 1982, vitória do Lakers, enquanto o 76ers triunfou em 1983.
......................
Los Angeles Lakers x Boston Celtics II

Novo confronto entre as equipes. Em 1984, o título ficou com o Celtics. No ano seguinte, triunfo do Lakers.
......................
Los Angeles Lakers x Detroit Pistons

A década de 1980 foi de confrontos repetidos. Em 1988, o Lakers bateu o Pistons, mas levou o troco no ano seguinte.
......................
Chicago Bulls x Utah Jazz

Em 1997, o Bulls derrotou o Jazz na decisão da NBA. Um ano depois, repetiu a dose.
......................
Miami Heat x San Antonio Spurs

No último duelo repetido na final do campeonato até então, o Heat superou o Spurs, em 2013, mas não repetiu o feito em 2014.

LeBron James
O Cleveland eliminou o Toronto na final do Leste (AFP)

Retrospecto anima o Golden State Warriors

O Golden State terá dois aliados de peso na final contra o Cleveland: Stephen Curry e o retrospecto.

Na história da NBA, 31 jogadores eleitos MVPs da temporada, como Curry nesse ano, chegaram à decisão, e apenas oito perderam.

Os MVPs que caíram na decisão são: Bill Russell (Boston Celtics), Kareem Abdul-Jabbar (Milwaukee Bucks), Larry Bird (Celtics), Magic Johnson (Los Angeles Lakers), Charles Barkley (Phoenix Suns), Karl Malone (Utah Jazz), Allen Iverson (Philadelphia 76ers) e Kobe Bryant, o último, em 2008, pelo Los Angeles Lakers.