LeBron James e Stephen Curry - Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers

King James fez 41 pontos nos Jogos 5 e 6 e forçou empate que só havia ocorrido duas vezes na história  (foto: /AFP)

Olga Bagatini
18/06/2016
07:00
São Paulo (SP)

Os fãs do esporte da bola laranja já estão cansados de ouvir esse fato, mas nunca na história das Finais da NBA uma equipe conseguiu reverter a desvantagem após sair perdendo a série por 3 a 1 - tal reabilitação aconteceu dez vezes nos playoffs, mas nunca nas Finais. No próximo domingo, o Cleveland Cavaliers terá a chance de alcançar o feito inédito. Graças a uma atuação majestosa de LeBron James na noite de quinta - com direito a 41 pontos, 11 rebotes e oito assistências -, a equipe bateu o Golden State Warriors por 115 a 101, em Cleveland, e forçou o sétimo e último jogo da série.

Mesmo o empate é raro: das 18 temporadas em que as Finais foram decididas em sete jogos, foi apenas a terceira na história em que uma equipe foi capaz forçar o sétimo jogo após sair perdendo por 3-1. O New York Knicks o fez contra o extinto Rochester Royals em 1951, e o Los Angeles Lakers repetiu o feito contra o Boston Celtics em 1966. Tanto Knicks quanto Lakers, contudo, acabaram derrotados na finalíssima.

A partida que decidirá o dono da taça será realizada em Oakland, na Califórnia, já que os Warriors tiveram a melhor campanha na temporada regular - por acaso, também a melhor campanha da história da NBA, com 73 vitórias e apenas 9 derrotas, superando o 72-10 do Chicago Bulls-1996 de Michael Jordan. É válido lembrar que o MVP Stephen Curry foi o maestro da campanha e entrou para a história ao anotar 402 cestas de três na temporada regular, 116 a mais do que as 286 que o levaram ao topo do ranking em 2014-15. 

Para quebrar o tabu e erguer o troféu inédito para Cleveland, LeBron e companhia terão que vencer, também, o retrospecto dos visitantes. Como citado acima, as Finais tiveram sete jogos em 18 temporadas. E em apenas três o time visitante foi capaz de superar o mandante. A última ocorreu em 1978, quando o Washington Bullets venceu os Supersonics em Seattle. 

A missão dos Cavaliers e de LeBron não será fácil. No entanto, a temporada 2015-16 tem se mostrado muito promissora no quesito quebra de recordes...