Tammy Galera durante a execução de um dos saltos na Copa do Mundo  (Foto: Satiro Sodré / SSPress)

Tammy Galera executa salto durante evento-teste  (Foto: Satiro Sodré / SSPress)

RADAR/LANCE!
20/02/2016
15:45
Rio de Janeiro (RJ)

Se nos Jogos Pan-Americanos de 2007, Juliana Veloso e Tammy Galera bateram na trave, este ano a dupla do saltos ornamentais iniciou o ano olímpico batendo recorde. Neste sábado, elas subiram no trampolim de 3m, pelo evento-testde da modalidade, para os Jogos Olímpicos do Rio.

No Parque Maria Lenk, na Barra da Tijuca (RJ), as atletas do Fluminense atingiram a melhor pontuação da carreira em competições internacionais ( 273,78 pontos), nas eliminatórias da prova sincronizada, e conseguiram a tão desejada classificação para as finais da competição. Para Tammy, a chance de ter o apoio da torcida, será o grande diferencial para a decisão, que será disputada a partir das 20h15 (de Brasília).

- Por estar em casa, a gente vai contar muito com a torcida, para dar um “up” - disse Tammy, que juntamente a Juliana, garantiram o 10º lugar e a vaga na final com a pontuação total de 273,78.

A prova ainda foi marcada por uma queda preocupante da atleta russa, Kristina Ilinykh. A competidora errou o movimento e caiu de costas na água chegando, inclusive, a precisar de atendimento médico.

A decisão da prova na Copa do Mundo ainda garantirá as últimas quatro vagas para os Jogos Olímpicos do Rio, que já conta com as medalhistas no Mundial do ano passado: China, Canadá e Austrália. O Brasil, por ser país-sede, está automaticamente classificado para todas as provas sincronizadas.