Judô

Equipe brasileira venceu a competição contra a Mongólia  em São Paulo (Foto: Confederação Brasileira de Judô)

RADAR/LANCE!
27/03/2016
15:18
São Paulo (SP)

O Brasil manteve a sequência vitoriosa dos últimos eventos internacionais dentro do país e venceu a Mongólia por 5 a 0 no primeiro Super Desafio BRA do ano, realizado no Ginásio do Esporte Clube de Pinheiros, neste domingo, em São Paulo.

Maria Portela (70kg) começou vencendo Davaasuren Munkhbat com um waza-ari e, depois, conseguiu uma chave de braço (juji-gatame) para fechar o confronto com um ippon. Na segunda luta, Victor Penalber (81kg) conseguiu um yuko faltando pouco tempo para o final do combate contra Gaajadamba Bayanmunkh e marcou o segundo ponto do Brasil.

- A luta foi muito dura, o adversário fez muita força. Com certeza, o apoio da torcida foi fundamental para no momento decisivo conseguir a pontuação e a vitória - disse Penalber.

Com a chance de garantir a vitória do Brasil, a campeã olímpica Sarah Menezes (48kg) fez uma luta estratégica contra Narantsetseg Ganbaatar, forçando três punições para a mongol e venceu a luta taticamente.

- Estamos muito perto do nosso sonho que são os Jogos Olímpicos. E essa vitória nos dá mais energia e confiança para ir em busca de um grande resultado no Rio - disse Sarah.

Na sequência, Alex Pombo (73kg) conseguiu um waza-ari contra Khadbaatar Narankhuu e marcou o quarto ponto. Para fechar o confronto, Rochele Nunes (+78kg) projetou Gandiimaa Erdenebileg por waza-ari e depois a imobilizou até o ippon. Final: Brasil cinco, Mongólia zero.

- Foi muito bom o resultado, especialmente porque estou voltando de lesão. É importante lutar bem nessa reta final de preparação para o Grand Prix de Samsun . Estou mais confiante e vamos para as próximas - disse Rochele Nunes.

Todos os atletas que competiram hoje no Super Desafio BRA embarcam nesta segunda-feira para o próximo compromisso da seleção brasileira, o Grand Prix de Samsun. Os combates na Turquia serão realizados nos 1º, 2 e 3 de abril.