Brasil x Rússia - Liga das Nações

FIVB

LANCE!
08/06/2018
13:12
Ufa (RUS)

O Brasil é líder da Liga das Nações masculina de vôlei. Nesta sexta-feira, a equipe comandada por Renan enfrentou os russos no seu país e, com superioridade, venceu por 3 sets a 1. O triunfo fez o Brasil ultrapassar a Polônia na tabela da competição e assumir a liderança nesta terceira semana de jogos.

O nome do primeiro set foi Maurício Borges. Numa partida muito equilibrada, os saques do ponteiro brasileiro fizeram a diferença e, só no primeiro set, Maurício fez três aces. Além dele, Wallace foi bem no ataque, cravando quase todas as bolas que recebia e, com um jogo defensivo bom, a seleção Brasileira conseguiu segurar o ímpeto dos russos e fechou o primeiro set em 25 a 21.

O segundo set foi tão equilibrado quanto o primeiro, e o saque dos russos melhorou, dificultando a recepção do Brasil. Coube aos jogadores conseguir se adaptar rapidamente às mudanças na partida, e a boa partida de Wallace ajudou a virar as bolas, mesmo aquelas que vinham um pouco abaixo do salto do jogador. O saque brasileiro continuou exemplar, e o próprio Wallace fez dois pontos seguidos com o fundamento: superioridade brasileira e mais um set fechado, dessa vez por 25 a 20.

A Rússia começou melhor no terceiro set e assumiu a liderança no placar. No melhor momento dos russos na partida, o Brasil tentava explorar o bloqueio adversário, mas sem sucesso. Ao ver a Rússia abrir três pontos de vantagem, Renan foi obrigado a pedir tempo para reorganizar a seleção brasileira. Apesar do Brasil ter acordado ao fim do set e buscado o empate na raça, a Rússia teve mais calma e fechou o set em 25 a 27.

O Brasil se recuperou no quarto set, e os bons saques de Maurício Borges permitiram ao time abrir uma boa vantagem no placar. Além disso, o bloqueio foi, de longe, o fundamento que mais funcionou para o Brasil neste set: foram cinco pontos assim apenas no quarto set. A atuação estelar do Brasil foi recompensada com o set mais elástico até então: 25 a 17, e mais uma vitória na Liga das Nações.