Juan Nogueira (de vermelho) avançou para a semifinal do Pré-Olímpico das Américas de boxe (Foto: Divulgação/Aiba)

Juan Nogueira (de vermelho) levou a bronze no Pré-Olímpico das Américas de boxe (Foto: Divulgação/Aiba)

RADAR/LANCE!
21/03/2016
14:19
Rio de Janeiro (RJ)

O Brasil encerrou a participação no Pré-olímpico das Américas, disputado em Buenos Aires, na Argentina, com três bronzes e mais uma vaga nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, com o pugilista Juan Nogueira. O brasileiro terminou a competição com o terceiro lugar, ao vencer o norte-americano Cam Awesome por 2:1.

Outros dois bronzes ainda foram conquistados no Pré-olímpico. Um veio com a vitória de Andreia Bandeira (75kg) sobre Adelina Benitez, da República Dominicana, por decisão unânime dos juízes (3:0). Já a outra medalha veio com Graziele Jesus (51kg). Ela perdeu para a norte-americana Virginia Fuchs por 3:0, mas mesmo assim garantiu o bronze para o Brasil.

No feminino, as vagas olímpicas foram destinadas apenas às vencedoras e às vice-campeãs. No caso de Andreia, caso as primeiras colocadas na sua categoria conquistem a vaga olímpica no Mundial Feminino de Boxe, em maio, ela herda a vaga do Pré-olímpico das Américas.

O boxe do Brasil tem um total de oito atletas já classificados para a próxima edição dos Jogos Olímpicos. Robson Conceição (60kg), garantiu a vaga no Mundial de 2015, e os seis pugilistas que ocuparão as vagas olímpicos, nas quais o Brasil tem direito por ser sede, são: Adriana Araújo (60kg) – bronze em Londres 2012, Patrick Lourenço (49kg), Julião Neto (52kg), Robenilson de Jesus (56kg), Joedison Teixeira, o Chocolate (64kg) e Michel Borges (81kg).