Rugby - Brasil domina e vence Paraguai

Brasil domina e vence Paraguai no Sul-Americano de rúgbi XV (Foto: Frankie Deges)

LANCE!
07/05/2016
20:05
Rio de Janeiro (RJ)

O Brasil venceu o Paraguai neste sábado por 32 a 21, fora de casa, em jogo válido pela última rodada do Torneio Sul-Americano de rúgbi XV (versão não-olímpica). Os tries brasileiros foram anotados por Daniel Sancery, Lucas Muller, Felipe Sancery e João da Ros. Alvaro Rojas e Leandro Glitz marcaram os tries paraguaios.

Os Tupis fecharam a competição em terceiro lugar, com o mesmo número de pontos do Chile, o segundo. A equipe verde e amarela ficou atrás por conta dos critérios de desempate. O Uruguai sagrou-se campeão invicto, enquanto a nação paraguaia terminou com a última posição.

Mesmo longe de seus domínios, o Brasil impôs o seu estilo de jogo e, praticamente durante o jogo inteiro, ficou à frente do marcador. Bem posicionadas, as linhas tiveram bom desempenho. O resultado reflete o crescimento da equipe verde e amarela, após a implementação do projeto de desenvolvimento a longo prazo, e a confiança da torcida, que impulsiona o crescimento do esporte no país.

Após o bom público nos jogos disputados em Allianz Parque e Pacaembu, a Seleção Brasileira despediu-se do ‘calor da torcida’ para encarar o Paraguai, fora de casa. No estádio Heróis de Curupayty, os “Jacarés”, como é conhecida a equipe mandante, pressionaram os Tupis logo nos primeiros minutos.

Incentivados pelos torcedores, os paraguaios iniciaram o confronto com estilo de jogo duro, na força física. Os mandantes tiveram oportunidades de abrir o marcador, mas pecaram nos chutes.

Aos poucos, o Brasil conquistou espaço no campo. Com as linhas bem posicionadas, os Tupis ficaram à frente em penal convertido por Moisés. A vantagem fez com que o estilo verde e amarelo em campo ficasse mais solto e dinâmico.

O bom momento foi consagrado com dois tries: Daniel Sancery e Lucas Muller cruzaram a linha para efervescer a torcida brasileira. Atrás do marcador, o Paraguai buscou o nivelamento do confronto e conseguiu diminuir a diferença em penais antes do final do primeiro tempo.

Na etapa final, os Jacarés souberam aproveitar a vantagem numérica em campo para alcançar o primeiro try, com Alvaro Rojas. Contudo, a superioridade voltou aos brasileiros, nos minutos seguintes, após penal convertido por Moisés.

Em jogo equilibrado, as duas equipes tentavam investidas, contudo, os setores defensivos obtinham vantagem. Para furar a retaguarda paraguaia, os Tupis apostaram na qualidade técnica de seus atletas. E o resultado foi o try de Felipe Sancery, após Moisés furar a defesa rival em grande estilo.

Na reta final do duelo, João da Ros, o Ige, finalizou com eficiência um maul para garantir outro try do Brasil. Leandro Glitz, nos últimos minutos, ainda anotou um try ao Paraguai para buscar a reação dos mandantes. Contudo, os Tupis administraram a vantagem e saíram vitoriosos do jogo.