icons.title signature.placeholder Guilherme Cardoso
icons.title signature.placeholder Guilherme Cardoso
24/08/2015
20:45

Um americano com o melhor tempo da temporada, e também a principal marca de sua carreira, de um lado. De outro, um jamaicano recordista mundial, campeão do mundo e olímpico, mas que não vive a melhor fase de sua carreira. Esse é o principal embate dos 200m rasos masculino no Mundial de Pequim (CHN). E as eliminatórias nesta terça-feira, a partir das 8h30, serão apenas uma prévia dessa disputa, que terá sua final na manhã de quinta-feira. Mas isso já não tinha acontecido nos 100m?

Sim, assim como na prova mais rápida do atletismo, Usain Bolt e Justin Gatlin voltam a se enfrentar e são apontados como os favoritos. Da mesma maneira como ocorreu na decisão do último domingo, o jamaicano não vive sua melhor fase. Apesar de ter conquistado os títulos nos 200m nas duas últimas Olimpíadas e nos três últimos Mundiais, o velocista pouco mostrou na temporada. Tanto que está apenas na 19 posição do ranking, com o tempo de 20s13. Desde 2003, ele não tinha uma marca tão ruim.

Por outro lado, Gatlin está “voando”. Os dois melhores resultados de 2015 são dele. Em maio, durante a etapa de Eugene (EUA) da Liga Diamante, correu para 19s68. No mês seguinte, na mesma cidade, durante o Campeonato Nacional, atingiu a marca de 19s57. Nunca ele tinha corrido tão rápido nessa prova em toda sua carreira.

– Justin tem competido muito bem na temporada. Mas não estou pensando apenas em aparecer para competir, porque ele é um grande atleta. É a minha disputa predileta, então é algo que eu quero ainda mais. Assim, darei o meu melhor – afirmou o velocista da Jamaica.

– Se eu tiver de perder, que seja para esse cara – chegou a declarar Gatlin após a derrota nos 100m.

Enquanto Bolt tem três títulos mundiais nos 200m, o americano tem um ouro, obtido em 2005.

No primeiro round dessa batalha entre os velocistas no último domingo, Bolt se deu melhor. Saiu vitorioso com a diferença de apenas um centésimo. Agora, quem vai sair campeão no segundo embate? Vale lembrar que os dois certamente ainda se enfrentarão no Mundial no revezamento 4x100m. Mas essa será uma outra disputa.

VAI DAR USAIN BOLT?

Sim?
É o atual recordista mundial dos 200m rasos, com a marca de 19s19, obtida em 2009. Se não bastasse, tem dominado a prova em competições importantes nos últimos anos, com dois ouros olímpicos (Pequim-2008 e Londres-2012) e três láureas douradas em mundiais (Berlim-2009, Daegu-2011 e Moscou-2013).
.........................
Não?
O jamaicano não está em sua melhor fase por conta de problemas físicos. Apesar de garantir que os 200m é sua prova predileta, nesta temporada está apenas na 19 posição do ranking mundial, com 20s13. Desde 2003, o velocista não termina uma temporada sem correr abaixo dos 20s nessa disputa.

VAI DAR JUSTIN GATLIN?

Sim?
Aos 33 anos e sem voltar a se envolver em casos de doping, o americano está em grande fase. Tem a melhor marca da temporada nos 200m, com 19s57, alcançada no dia 28 de junho. Um mês antes, ele já tinha conseguido atingir o tempo de 19s68. Essa é a terceira temporada que ele corre abaixo dos 20s.
.........................
Não?
Em sua carreira, apesar de ter um título mundial (Helsinki-2005) e um bronze olímpico (em Atenas-2004), a disputa dos 200m nunca foi sua especialidade. Além disso, só venceu Usain Bolt uma vez em provas individuais durante uma competição importante, justamente quando faturou o título mundial.

HISTÓRICO

2005
Justin Gatlin já derrotou Usain Bolt na decisão dos 200m rasos em um Mundial. Em Helsinki-2005, o americano levou a medalha de ouro na disputa. Ainda pouco conhecido, o jamaicano terminou na oitava posição.

Um americano com o melhor tempo da temporada, e também a principal marca de sua carreira, de um lado. De outro, um jamaicano recordista mundial, campeão do mundo e olímpico, mas que não vive a melhor fase de sua carreira. Esse é o principal embate dos 200m rasos masculino no Mundial de Pequim (CHN). E as eliminatórias nesta terça-feira, a partir das 8h30, serão apenas uma prévia dessa disputa, que terá sua final na manhã de quinta-feira. Mas isso já não tinha acontecido nos 100m?

Sim, assim como na prova mais rápida do atletismo, Usain Bolt e Justin Gatlin voltam a se enfrentar e são apontados como os favoritos. Da mesma maneira como ocorreu na decisão do último domingo, o jamaicano não vive sua melhor fase. Apesar de ter conquistado os títulos nos 200m nas duas últimas Olimpíadas e nos três últimos Mundiais, o velocista pouco mostrou na temporada. Tanto que está apenas na 19 posição do ranking, com o tempo de 20s13. Desde 2003, ele não tinha uma marca tão ruim.

Por outro lado, Gatlin está “voando”. Os dois melhores resultados de 2015 são dele. Em maio, durante a etapa de Eugene (EUA) da Liga Diamante, correu para 19s68. No mês seguinte, na mesma cidade, durante o Campeonato Nacional, atingiu a marca de 19s57. Nunca ele tinha corrido tão rápido nessa prova em toda sua carreira.

– Justin tem competido muito bem na temporada. Mas não estou pensando apenas em aparecer para competir, porque ele é um grande atleta. É a minha disputa predileta, então é algo que eu quero ainda mais. Assim, darei o meu melhor – afirmou o velocista da Jamaica.

– Se eu tiver de perder, que seja para esse cara – chegou a declarar Gatlin após a derrota nos 100m.

Enquanto Bolt tem três títulos mundiais nos 200m, o americano tem um ouro, obtido em 2005.

No primeiro round dessa batalha entre os velocistas no último domingo, Bolt se deu melhor. Saiu vitorioso com a diferença de apenas um centésimo. Agora, quem vai sair campeão no segundo embate? Vale lembrar que os dois certamente ainda se enfrentarão no Mundial no revezamento 4x100m. Mas essa será uma outra disputa.

VAI DAR USAIN BOLT?

Sim?
É o atual recordista mundial dos 200m rasos, com a marca de 19s19, obtida em 2009. Se não bastasse, tem dominado a prova em competições importantes nos últimos anos, com dois ouros olímpicos (Pequim-2008 e Londres-2012) e três láureas douradas em mundiais (Berlim-2009, Daegu-2011 e Moscou-2013).
.........................
Não?
O jamaicano não está em sua melhor fase por conta de problemas físicos. Apesar de garantir que os 200m é sua prova predileta, nesta temporada está apenas na 19 posição do ranking mundial, com 20s13. Desde 2003, o velocista não termina uma temporada sem correr abaixo dos 20s nessa disputa.

VAI DAR JUSTIN GATLIN?

Sim?
Aos 33 anos e sem voltar a se envolver em casos de doping, o americano está em grande fase. Tem a melhor marca da temporada nos 200m, com 19s57, alcançada no dia 28 de junho. Um mês antes, ele já tinha conseguido atingir o tempo de 19s68. Essa é a terceira temporada que ele corre abaixo dos 20s.
.........................
Não?
Em sua carreira, apesar de ter um título mundial (Helsinki-2005) e um bronze olímpico (em Atenas-2004), a disputa dos 200m nunca foi sua especialidade. Além disso, só venceu Usain Bolt uma vez em provas individuais durante uma competição importante, justamente quando faturou o título mundial.

HISTÓRICO

2005
Justin Gatlin já derrotou Usain Bolt na decisão dos 200m rasos em um Mundial. Em Helsinki-2005, o americano levou a medalha de ouro na disputa. Ainda pouco conhecido, o jamaicano terminou na oitava posição.