Lazlo Dalfovo
28/05/2016
21:01
Rio de Janeiro (RJ)

O Bauru ainda não digeriu o polêmico lance na reta final da partida contra o Flamengo, neste sábado. Nos últimos segundos, a arbitragem marcou equivocadamente bola presa, quando a posse estava com Hettsheimeir. Com isso, o Fla ficou com a bola, sustentou a vitória - por 89 a 84 - até o fim e passou a ficar em vantagem na série (2 a 1).

Revoltados, os jogadores evitaram falar com a imprensa após o jogo como forma de protesto. E, nas redes sociais, o clube bauruense ironizou demonstrando toda a sua irritação com o episódio.

- "Bola presa? Vamos para Marília empatar essa série! #ContraTudoeContraTodos - postou a equipe paulista.

Rafael Luz, do Flamengo, participou diretamente do lance - o armador que deu o tapa na bola, quando a mesma já estava sob o domínio do Hettsheimeir. Ele comentou o caso com jornalistas.

- A bola presa é um critério do árbitro. O Hettsheimeir tinha segurado a bola, eu tentei segurar também, e ele decidiu que era bola presa, então é o critério dele. A gente não pode entrar no critério de arbitragem, porque isso só tem a desfavorecer a nossa equipe e a mim pessoalmente - disse Luz. 

Em vantagem, o Flamengo joga por uma vitória no próximo duelo contra o Bauru, que será no sábado que vem, em Marília (SP), pelo quarto jogo da série.