Fischer

Ricardo Fischer fez os pontos decisivos do Bauru sobre o Brasília e saiu como o herói do jogo (FOTO: Caio Casagrande/Bauru Basket)

RADAR/LANCE
31/01/2016
22:49
São Paulo (SP)

Bauru e Brasília fizeram grande partida neste domingo. Equilíbrio, alto nível técnico, jogadas plásticas e um final emocionante no Ginásio Panela de Pressão. Durante todo o jogo, as equipes se mantiveram próximas no placar e o desfecho do confronto ocorreu nos instantes finais. Melhor para os bauruenses, que contaram com uma cesta decisiva de Ricardo Fischer a quatro segundos do fim e venceram por 94 a 92.

O jogo valeu tanto para a NBB quanto para o Troféu da Copa dos Campeões "Claudio Mortari" porque reuniu os atuais campeões da Liga das Américas (Bauru) e Sul-Americana (Brasília).

Com a vitória o Bauru levou este caneco pela segunda vez para casa (venceu o Flamengo em 2015) e ainda melhorou a sua posição na tabela, mantendo o segundo lugar com 14 vitórias e 4 derrotas e jogando o Brasilia para o quarto lugar, com 12 vitórias e 6 derrotas. O Flamengo é o líder (15v e 3d)

O armador Ricardo Fischer foi o grande nome da partida. Marcou os seis últimos pontos dos anfitriões no jogo e deixou a quadra com 21 pontos, além de oito rebotes e cinco assistências. Outros dois jogadores também tiveram desempenhos fundamentais para a vitória dos paulistas. O pivô Hettsheimeir contribuiu com 20 pontos, enquanto que o ala Alex Garcia foi responsável por 18 pontos. Do lado candango, o garoto Deryk Ramos voltou a roubar a cena. Com direito a duas bolas de três pontos no minuto final do jogo, o atleta foi o cestinha da partida, com 22 pontos. Esta foi a sétima vez nos últimos oito jogos em que o jovem armador fez 20 ou mais pontos.

- Foi uma vitória dupla, além de valer o troféu, Brasília é concorrente direto, que está ali disputando as primeiras posições. Agora a gente distancia um pouco de Brasília. Foi um jogo que nós tivemos maturidade para sair de uma situação adversar e busca a vitória, destacou o comandante bauruense Demétrius.