Barack Obama

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama (Foto:AFP)

LANCE!
03/10/2016
18:45
São Paulo (SP)

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama levantou suspeitas sobre as escolhas das cidades-sede dos Jogos Olímpicos feitas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). O mandatário americano usou em sua tese a definição do local da Olimpíada de 2016, quando Chicago estava na disputa. Ele até chegou a fazer uma comparação com a Fifa.

- Uma delegação muito bem preparada havia viajado a Copenhague para fazer uma apresentação e (a primeira-dama) Michelle estava com eles - explicou em entrevista concedida à New York Magazine no fim de agosto, e publicada na noite do último domingo.

- Recebi uma ligação (...) dizendo que todos pensavam que se eu fosse ao local teríamos boas chances de ganhar e que poderia valer a pena ir e voltar no dia - continuou.

A medida não deu muito certo. Na disputa final com Rio de Janeiro, Madri e Tóquio, Chicago foi eliminada logo na primeira rodada da votação.

- Fui ao local, (mas) mais tarde entendemos que as decisões do COI são similares às da Fifa: um pouco manipuladas. Segundo todos os critérios objetivos, a candidatura americana era a melhor - afirmou Obama.

A perda de Chicago em 2009 foi ruim para o presidente americano. Um ano antes, ele tinha acabado de assumir a presidência do país.

Vale lembrar que os Estados Unidos não sediam uma edição dos Jogos Olímpicos desde 1996, quando Atlanta foi a sede olímpica. Para os Jogos de 2024, Los Angeles está na disputa com Paris e Budapeste.