Anton Kokorin

Anton Kokorin devolveu o bronze conquistado em Pequim-2008

LANCE!
16/02/2017
16:31
São Paulo (SP)

A Federação Russa de Atletismo confirmou, nesta quinta-feira, que apenas uma das 23 medalhas olímpicas foram devolvidas pelo atletas que testaram positivo na reanálise das amostras de Pequim-2008 e Londres-2012. Devido a este cenário, a entidade reforça o pedido pela entregas das medalhas alegando que 
aqueles que não o fizeram, serão proibidos de fazer parte da Seleção.

A única medalha já em posse da entidade russa é o bronze do revezamento 4x400m de Pequim-2008, antes nas mãos de Anton Kokorin. O atleta, porém, não foi o responsável pela desclassificação do time russo foi seu compatriota Denis Alexeyev, que testou positivo para um esteroide proibido. Como era uma prova em equipe, todos os membros devem devolver suas medalhas.

A fim de acelerar este processo para encerrar a punição que proíbe atletas de participar de competições internacionais, a entidade afirmou que aqueles que não as entregarem serão proibidos de competir em seus torneios,  de ser membros das equipes nacionais e se apresentarem em campeonatos internacionais como atletas neutros.

A federação esta suspensa de competições internacionais desde 2015 devido ao escândalo de doping envolvendo atletas russos. A entidade acredita que a devolução das medalhas possa ajudar a convencer a Associação Internacional das Federações de Atletismo a encerrar a punição.