Feyisa Lilesa

Feyisa Lilesa conquistou a prata na maratona masculina na Rio-2016 (Foto: AFP)

LANCE!
15/02/2017
17:14
São Paulo (SP)

Nesta quarta-feira, após meses separadas, a medalhista olímpica da maratona masculina, Feyisa Lilesa, da Etiópia, se reencontrou com a família. Por temer represálias em seu país devido ao protesto realizado na chegada da prova da Rio-2016, o atleta se exilou primeiramente no Brasil e, em seguida, nos Estados Unidos. Após acerta o seu passaporte, já em solo americano, Feyisa pôde rever sua família.

- O meu maior presente é ver a minha família de novo, tudo tem sido muito difícil. Minha mente estava muito ocupada com o que estava acontecendo com a minha família e na Etiópia, com o meu povo. Isso está constantemente em minha mente, enquanto estou correndo ou dormindo - disse o atleta à NBC.

O protesto do maratonista, demonstrado pelos braços cruzados e os punhos cerrados, era uma manifestação de apoio aos protestos contra o governo de seu país, acusado de matar cidadãos de diferentes etnias.