Logo olímpico Paris-2024 (foto: AFP)

Paris deve ser oficializada como sede dos Jogos de 2024 nesta quarta-feira (foto: AFP)

LANCE!
10/09/2017
19:29
São Paulo (SP)

Após o escândalo envolvendo a escolha do Rio de Janeiro como país sede dos Jogos Olímpicos de 2016, a organização de Paris-2024 afirmou, neste domingo, que presará pela transparência. A capital francesa será oficializada como sede olímpica - assim como Los Angeles (EUA) para a edição de 2028 - nesta quarta-feira, durante assembleia do Comitê Olímpico Internacional (COI) realizada em Lima, no Peru.

- Queremos destacar o fato de que, desde o primeiro dia, temos a responsabilidade de sermos o mais transparente possível -afirmou Tony Estanguet, co-presidente da candidatura Paris-2024.

A prefeita da capital francesa, Anne Hidalgo, seguiu o mesmo discurso.

- Na nossa cidade, hoje, quando você gasta dinheiro público é preciso explicar o que fez com ele - afirmou Hidalgo, que completa: 

- A transparência é muito importante. Eu não sou uma atleta, sou uma política e precisamos ter a confiança de nossos cidadãos. Na nossa equipe, a transparência tem sido muito forte e continuará sendo no futuro, com certeza. 

A intitulada operação Unfair Play (Jogo Injusto) investiga a suposta compra de votos para que o Rio de Janeiro fosse eleito cidade sede dos Jogos Olímpicos de 2016. A investigação ocorre em conjunto com Ministério Público francês. O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, é acusado de organizar o esquema.