Thomas Bach - COI

COI e McDonald's encerram uma parceria de 41 anos (Foto: AFP)

LANCE!
16/06/2017
14:47
São Paulo (SP)

Parceiras desde 1976, O McDonald's encerrou seu vínculo com o Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta sexta-feira. A iniciativa partiu da rede alimentícia que ainda tinha mais três anos de contrato com a entidade. O acordo financeiro para o término do vínculo, assim como detalhes da rescisão não foram divulgados. 

Segundo o diretor de marketing do COI, o McDonald's colocou um ponto final em mais de 40 anos de parceria por 'estar com foco em diferentes prioridades de negócio'. 

- No mundo de negócios de hoje que avança rapidamente, nós entendemos que o McDonald’s esteja procurando focar em diferentes prioridades de negócios. Por essas razões, nós concordamos mutuamente com o McDonald’s em nos separar - disse Timmo Lumme, diretor de Televisão e Serviços de Marketing do COI, em comunicado.

A empresa de fast-food detinha direitos exclusivos sobre serviços de comida e varejo nos eventos organizados pela entidade olímpica. A última renovação de contrato tinha oito anos de duração e se encerraria em 2020.

- Como parte de nosso plano global de crescimento, nós estamos reconsiderando todos os aspectos de nossos negócios e tomamos essa decisão em cooperação com o COI para focar em diferentes prioridades - afirmou no comunicado do COI, a diretora de Marketing do McDonald's, Silvia Lagnado.

A empresa era uma das 13 que seguiria com o COI até Pyeongchang-2018 e Tóquio-2020. O McDonald's seguirá como patrocinador dos Jogos de Inverno da Coreia do Sul, por ser detentor dos direitos comerciais. O Comitê Olímpico Internacional afirmou que não está planejando um substituto no departamento de varejo de alimentos.