Werdum

Werdum não concorda com o rigor da Agência Americana Antidoping que controla o UFC - (Foto: Reprodução)

LANCE!
15/04/2016
16:05
Rio de Janeiro (RJ)

Ex-campeão dos meio-pesados do UFC, Lyoto Machida foi retirado do card de sábado (16), do UFC Tampa, nos EUA, onde enfrentaria Dan Henderson, após assumir que usou um suplemento que continha a substância DHEA (dehidroepiandrosterona).

Apesar da substância ser encontrada facilmente em qualquer loja de suplementos nos EUA, ela é banida pela USADA e Machida deve pegar um gancho por doping. 

Campeão dos pesados do UFC e amigo pessoal de Lyoto Machida, Fabricio Werdum não perdeu a oportunidade de debochar dos critérios adotados pela USADA e publicou uma montagem, onde aparece dentro de um carro de polícia com uma tornozeleira eletrônica em frente a sede da Agência Americana Antidoping.

- Fui fazer amor com a minha esposa PERO esqueci de avisar a USADA! - escreveu o lutador, que já havia criticado a decisão do órgão e demonstrado apoio a Lyoto, na quarta-feira (13).

- Estamos juntos dos nossos! Na minha opinião é um pouco de escândalo da USADA! Para as pessoas que não entendem muito, a substância não é bomba, não é nada demais. Daqui a pouco não vamos poder tomar café com açúcar. Vamos protestar – disse o campeão.

Fabricio Wedum fará sua primeira defesa de cinturão dos pesados diante de Stipe Miocic, no dia 14 de maio, em Curitiba, no Paraná.