LANCE!
11/09/2016
01:16
Cleveland (EUA)

Na co-luta principal do UFC 203, ocorrido em Cleveland (EUA), neste sábado, Fabricio Werdum voltou a vencer após a derrota que lhe tirou o cinturão dos pesados do Ultimate, em maio. Além do triunfo na decisão contra Travis Browne, o brasileiro protagonizou uma atuação confusa e ainda participou de um episódio lamentável, onde chutou Edmond Tarverdyan após ouvir ofensas do treinador de Browne.  

O duelo começou com o brasileiro apresentando uma atuação confusa. Apesar do volume e da efetividade maior, Werdum arriscou chutes inusitados, aplicou uma voadora nos primeiros segundos da luta e até tentou um golpe rodado com uma cambalhota duas vezes no vazio. Além disso, chutes rodados, socos andando para frente e até uma tesoura no rival fizeram parte de seu repertório. O brasileiro dominou o centro do cage durante toda a luta e aplicou os melhores golpes, chegando a derrubar com um soco. Faltou emoção no duelo, mas o atleta tupiniquim mostrou superioridade após os três rounds.

Ao fim da luta, o público vaiou Fabricio, o brasileiro retrucou fazendo sinal de "choro", ouviu ofensas de Edmond, treinador de Travis, e acabou aplicando um chute no armênio, iniciando uma confusão que logo foi controlada no octógono do evento.


- Não foi a luta que eu queria, mas foi muito boa. A próxima será pelo cinturão - prometeu o lutador, logo após a luta.

Com o resultado, Fabricio Werdum se recupera do nocaute sofrido contra Stipe Miocic, em maio passado, e fica na expectativa para receber uma possível chance pelo título da divisão dos pesados.