LANCE!
21/10/2016
15:26
Rio de Janeiro (RJ)

Após 20 anos dedicados ao MMA e três títulos conquistados, Vitor Belfort vive uma batalha pessoal para manter sua motivação e seguir lutando aos 39 anos de idade.

O ex-campeão do UFC vem de derrotas por nocaute para Ronaldo Jacaré e Gagard Mousasi, mas não pretende se aposentar com a imagem de suas últimas lutas, onde esteve passivo.

Em entrevista ao site do canal Combate, o Fenômeno revelou que inda não pensa em sua próxima luta, já que sua batalha no momento é interna.

- Acho que falta essa chama da competição, de estar no game. Eu preciso sempre dela. Lógico que estou perto de encerrar minha jornada como atleta, e quero finalizá-la com essa chama, não só por mim, mas pelos meus filhos, pela minha esposa, pelos meus fãs, pelos meus treinadores, meus amigos, até os meus patrocinadores precisam disso, que eu seja da maneira como sempre fui. Meu foco agora é achar essa chama. O importante agora é que eu não posso estar pensando nisso (lutar), porque minha chama não está de acordo com meu adversário. Tenho que achar essa chama interna, é uma coisa interna. A gente está começando a acender essa tocha - explicou.

Vitor foi o atleta mais jovem a ser campeão do UFC, aos 19 anos, quando derrotou dois atletas na mesma noite e faturou um GP sem limite de peso. Em 2004 sagrou-se campeão dos meio-pesados ao derrotar Randy Couture. O cartel do carioca anota 25 vitórias e 13 derrotas.