Em junho, Cain Velásquez foi dominado e finalizado por Fabricio Werdum

A revanche pretendida por Velásquez contra Werdum, não acontecerá (FOTO: Reprodução/UFC)

LANCE!
23/12/2016
17:13
Rio de Janeiro (RJ)

Após admitir em entrevista ao site americano ''Espn.com'' que não conseguia ficar em pé por dez minutos seguidos, devido a dores na perna esquerda causada por esporões ósseos nas costas, o lutador americano Cain Velásquez foi cortado do UFC 207, em Las Vegas (EUA). Cain buscava uma revanche contra o brasileiro Fabrício Werdum, porém terá que ser adiada.

Em sua rede social, o americano escreveu:

- I am ready to fight @ufc #207 #sisepuede. (Estou pronto para lutar @ufc)

Poucas horas depois da publicação, o treinador de Cain Velásquez publicou um vídeo com o lutador de ascedência mexicana treinando forte, mesmo após o anúncio de que estaria fora da luta.

A organização agora corre para anunciar o novo adversário de Werdum. O brasileiro Junior Cigano já teria sido consultado pelo Ultimate. Cigano não perdeu tempo e também foi para suas redes sociais avisar que estava pronto para lutar:

- I'm in, LET'S GO! Tô (sic) dentro, vamos nessa! - escreveu o brasileiro.

O UFC 207 será realizado no dia 30 de dezembro, na T-Mobile Arena, em Las Vegas. Além dessa possível luta entre brasileiros, o card principal contará com o retorno de Ronda Rousey que enfrentará a também brasileira Amanda Nunes, na disputa do cinturão do peso galo feminino.