LANCE!
06/11/2016
03:55
Cidade do México (MEX)

A luta principal do UFC México, que aconteceu neste sábado, na Cidade do México, colocou frente a frente o número dois e o número três da categoria dos leves. O encontro entre Rafael dos Anjos e Tony Ferguson foi espetacular, recheado de técnica, e acabou com o triunfo do americano. Após cinco rounds bem movimentados, o americano triunfou na decisão dos juízes.

Diante da potência dos golpes de Rafael, Ferguson demonstrou uma resistência impressionante. O americano se movimentou melhor, mostrou mais preparo físico e controlou o centro do octógono por mais tempo apesar do volume de golpes parecidos entre os dois. 

O primeiro round foi de altíssimo nível. Com boxe afiado, Rafael acertou os melhores golpes no rival, apresentando sua esquiva para manter a segurança e desenvolvendo a potência de seus golpes. Ferguson foi menos expressivo, mas ainda assim ofereceu perigo. No segundo assalto, Ferguson equilibrou a luta e acertou os melhores ataques, enquanto o brasileiro começou a parecer cansado por conta do ritmo. O terceiro round foi equilibrado, com ambos se alternando no controle da luta, com Rafael ligeiramente melhor. No quarto e quinto assaltos Tony cresceu, dominou mais o centro do octógono e se mostrou mais inteiro. Rafael chegou a acertar bons golpes, mas Ferguson não os sentiu.

- Tony foi melhor hoje, senti o dedo no olho dele no início da luta, mas não é desculpa, ele fez um bom trabalho hoje - declarou Dos Anjos, logo após a luta. 

Com o resultado, Tony Ferguson chega a nove vitórias consecutivas no UFC e deve se aproximar de uma chance pelo título. Já Dos Anjos agora soma duas derrotas consecutivas.

Do Bronx acaba finalizado
Depois de falhar no corte de peso e ficar 4kg acima do limite permitido para a categoria dos penas, Charles Do Bronx sucumbiu ao poder da altitude imposta pela Cidade do México. Apesar de ter começado bem o duelo com Ricardo Lamas, o brasileiro não conseguiu manter o ritmo, cansou no segundo assalto e acabou finalizado pelo rival com uma guilhotina, sua marca registrada. 

Card preliminar tem uma vitória e uma derrota para o Brasil

Dois brasileiros se apresentaram pelo card preliminar do UFC México, somando uma vitória e uma derrota para o país. Primeiro tupiniquim a se apresentar, Douglas Andrade fez grande luta contra Henry Briones. Após trocação franca nos dois primeiros rounds, o brasileiro conseguiu uma vitória com um nocaute espetacular com uma cotovelada rodada no terceiro round que fez Briones desabar no octógono. 

Felipe Sertanejo chegou a fazer frente a Erik Perez, teve bons momentos na luta, mas acabou dominado pelo rival e foi superado na decisão dos juízes após três rounds de ação.

Confira os resultados do UFC México
Tony Ferguson venceu Rafael dos Anjos na decisão dos juízes
Diego Sanchez venceu Marcin Held na decisão dos juízes
Ricardo Lamas finalizou Charles Do Bronx no segundo round​
Martín Bravo nocauteou Claudio Puelles no segundo round
Beneil Dariush venceu Rashid Magomedov por decisão dos juízes
Alexa Grasso venceu Heather Jo Clark por decisão unânime
Card preliminar
Erik Perez venceu Felipe Sertanejo na decisão dos juízes
Joe Soto finalizou Marco Beltran no primeiro round
Max Griffin nocauteou Erick Montano no primeiro round
Douglas Andrade nocauteou Henry Briones no terceiro round
Sam Alvey venceu Alex Nicholson na decisão dos juízes
Marco Polo Reyes venceu Jason Novelli na decisão dos juízes 
Henrique Barzola venceu Chris Avila na decisão dos juízes