Lawler x Condit

Lawler derrotou Carlos Condit por decisão dividida e manteve o cinturão (FOTO: Reprodução)

LANCE!
03/01/2016
03:32
Las Vegas (EUA)

O primeiro evento do Ultimate em 2016, o UFC 195, realizado em Las Vegas (EUA), contou com uma disputa de cinturão na categoria dos meio-médios, que deixou o público aplaudindo de pé. No duelo entre o atual campeão Robbie Lawler e Carlos Condit, quem levou a melhor foi o detentor do cinturão, que venceu por decisão dividida, em sua segunda defesa de título.

Como não poderia ser diferente, pelo estilo agressivo de ambos atletas, a luta foi de bastante trocação, com nenhum dos dois fugindo do combate franco. No primeiro assalto, Condit foi melhor e desequilibrou o campeão, com um contra-ataque forte. Já Robbie Lawler deu o troco na mesma moeda no segundo round, quando soltou uma bomba, que derrubou o adversário. 

A terceira parcial foi equilibrada, com Condit com maior volume e Lawler abusando da potência dos seus golpes.  O quarto round foi todo do desafiante, que explorava os chutes baixos e maltratava o adversário, que chegou a cair duas vezes em decorrência disto. O fim do round foi de Condit encurralando o campeão na grade e usando bem o clinche, seguido de potentes socos.

O quinto foi espetacular! Lawler partiu com tudo para o ataque e ambos foram para o ataque franco. O campeão chegou a maltratar o adversário, com potentes socos, chutes e Condit quase caiu, chegou a ficar grogue, mas sobreviveu. No fim, ambos, mesmo exaustos, continuaram em pé trocando socos. Ao fim do combate, a torcida estava de pé aplaudindo. Os juízes tiveram a missão de apontar o vencedor, que foi Robbie Lawler, por decisão dividida. 

Após o confronto, Lawler fez questão de elogiar o adversário. Já Condit, mesmo derrotado, foi ovacionado pelos torcedores em sua entrevista no octógono.

Miocic
Miocic derrotou Arlovski no primeiro round (FOTO: Reprodução)


Miocic nocauteia Arlovski e se aproxima de chance por título

No confronto que pode decidir o próximo desafiante ao cinturão dos pesados, Stipe Miocic mostrou que está em grande fase. O lutador não tomou conhecimento de Andrei Arlovski e venceu por nocaute técnico ainda no primeiro round. Após conectar um belo soco, que balançou o rival, partiu para cima e desferiu mais dois, o derrubando. Com o bielorusso no chão, só continuou o massacre até a interrupção do árbitro central.

Essa é a segunda vitória seguida de Stipe Miocic, que é o segundo colocado no ranking da divisão e já vinha de triunfo sobre o neozelandês Mark Hunt, em maio deste ano. Já Andrei Arlovski é derrotado pela primeira vez, após seu retorno ao Ultimate, em 2014, depois de engatar quatro resultados positivos.

Em grande reviravolta, Ortega finaliza brasileiro

Único brasileiro no evento, Diego Brandão levou a pior no combate contra Brian Ortega. Depois do atleta tupiniquim ter levado a melhor nos dois primeiros rounds, se impondo na trocação, o americano foi preciso e aproveitou a oportunidade na parcial final. O dono da casa, ao ver o adversário lhe dar as costas, tentou uma guilhotina, mas acabou encaixando um triângulo, sua especialidade, e obrigou o rival a dar os três tapinhas.

Essa foi a décima vitória de Ortega, que se mantém invicto no MMA. Brandão tem interrompida sua sequência de dois triunfos seguidos no Ultimate.

Resultados completos:
Robbie Lawler derrotou Carlos Condit por decisão dividida dos juízes
Stipe Miocic derrotou Andrei Arlovski por nocaute técnico no 1R
Albert Tumenov derrotou Lorenz Larkin por decisão dividida dos juízes
Brian Ortega finalizou Diego Brandão com um triângulo no 3R
Abel Trujillo finalizou Tony Sims com uma guilhotina no 1R
Card preliminar
Michael McDonald finalizou Masanori Kanehara com um mata-leão no 2R
Alex Morono derrotou Kyle Noke por decisão dividida dos juízes
Justine Kish derrotou Nina Ansaroff por decisão unânime dos juízes
Drew Dober derrotou Scott Holtzman por decisão unânime dos juízes
Dustin Poirier derrotou Joseph Duffy por decisão unânime dos juízes
Michinori Tanaka derrotou Joe Soto por decisão dividida dos juízes
Sheldon Westcott derrotou Edgar Garcia por nocaute técnico no 1R