Tito Ortiz

    Tito Ortiz é ex-campeão dos meio-pesados do UFC e tem um passado de rivalidade com Dana White - (Foto: UFC)

LANCE!
05/05/2016
15:06
Rio de Janeiro (RJ)

A vida é feita de decisões e o campeão dos penas do Ultimate, Conor McGregor tomou a dele ao se recusar a fazer o tour promocional para o UFC 200 e acabou cortado do evento pelo presidente da organização Dana White, onde faria a revanche contra Nate Diaz, 

Hall da Fama do UFC, Tito Ortiz atualmente representa a bandeira do Bellator e, durante anos, bateu de frente com Dana White de maneira incisiva.

No entanto, conforme revelou em entrevista ao podcast de Chael Sonnen, a lenda se arrependeu de muitas decisões tomadas no passado e aconselhou McGregor a não bater de frente com o Ultimate.

- Eu tomei algumas decisões ruins com o UFC e o Dana, falei mal deles e quando olho para trás, penso que poderia ter feito as coisas de maneira completamente diferente. Espero que o Conor tome as decisões certas para o futuro dele. Conor provavelmente vai perder um ano ou dois e depois terá que se render e perguntar a Dana e Lorenzo o que fazer. O UFC é a estrela, eles é que vão fazer o dinheiro. Penso que Lorenzo e Dana tomaram a melhor decisão com o Conor. Eu tomei a decisão errada na minha carreira, eu tentei duelar contra o sistema, eu nunca deveria ter feito isso. Mas não tive ninguém para me orientar. Lutar contra o UFC é o caminho errado a se tomar – disse Tito.

Aos 41 anos e considerado um dos maiores meio-pesados da história, Tito Ortiz não compete desde setembro do ano passado, quando acabou finalizado por Liam McGeary, na edição de número 142 do Bellator.