Thales

              Quando está de folga, Thales Leites não perde um jogo do flamengo - (Foto: Erik Engelhart)

Erik Engelhart
03/08/2016
16:24
Rio de Janeiro (RJ)

Número 12 no ranking dos médios do UFC, Thales Leites busca espantar a má fase neste sábado (6), diante do americano Chris Camozzi, que vem embalado por três vitórias consecutivas, em evento que acontece em Utah (EUA).

Em situação oposta, está o brasileiro, que vem de derrotas para Michael Bisping e Gegard Mousasi e sabe que precisa vencer para se manter longe da forca do Ultimate, conforme revelou em entrevista exclusiva ao LANCE!

- Pela situação que eu venho, com certeza tenho a obrigação de vencer essa luta, mas essas derrotas não abalaram em nada a minha confiança e estou bem preparado. Aprendi com meus erros e não irei cometê-los novamente. Nas derrotas aprendemos muito mais do que nas vitórias - disse Thales, especificando onde deixou a desejar.

- Meu erro foi deixar de ser versátil. Nessa luta com certeza vocês verão um Thales mais versátil e eu irei impor o meu jogo antes que o Camozzi imponha o dele. Meu objetivo é não deixar ele gostar da luta, deixar ele acuado, porque ele cresce muito durante a luta - avaliou.

Especialista em jiu-jitsu, Thales vem treinando bastante a parte de boxe, para não cometer os mesmos erros das últimas lutas, onde não demonstrou um jogo de pernas fluente. 

- ​Trabalhei muito o meu boxe e o jogo de pernas e pode ter certeza que se minha mão entrar, ele vai sentir. Tenho certeza de que posso nocauteá-lo ou finalizar também. Podem esperar a vitória. Não coloco pressão em mim por vir de duas derrotas e estou confiante de que vai dar tudo certo - encerrou.

​Na luta principal do UFC Fight Night 92, Yair Rodriguez enfrenta Alex Caceres, em duelo válido pela divisão dos penas.