LANCE!
27/05/2016
11:13
Rio de Janeiro (RJ)

Atual campeã da categoria peso galo do UFC, Miesha Tate encara Amanda Nunes no UFC 200, dia 9 de julho, em Las Vegas (EUA). Antes disso, ela aproveita a fase de campeã da organização para cumprir compromissos com a mídia e recentemente criticou sobre dois dos maiores nomes da franquia: Ronda Rousey e Conor McGregor.

Ao falar sobre a rival, que já a finalizou duas vezes, Tate afirma que Rousey sofre de problemas emocionais.

- Acho que Ronda é um pouco instável emocionalmente e eu acho que isso tem sido característico por um longo tempo. Não significa que ela luta pior por conta disso. Não estou criticando-a como atleta, mas emocionalmente ela tem algumas coisas que são um pouco estranhas e eu acho que isso é uma delas - declarou a campeã.

Em relação ao campeão dos penas do UFC, Miesha analisou a confusão que tirou Conor do UFC 200 - o irlandês foi retirado do card por não querer cumprir obrigações com a imprensa para promover o evento de 9 de julho, quando enfrentaria Nate Diaz em revanche.

- O UFC foi além para fazer a vontade dele e você tem de pensar: como Conor McGregor se transformou em Conor McGregor? Se não existisse UFC, você não saberia quem ele era. É um esforço de ambas as partes. O UFC gastou um dinheiro tremendo promovendo Conor McGregor e ele fez muito dinheiro - para ele e para a organização - mas isso é um trabalho em equipe Eles estão trabalhando juntos para criar algo ótimo, então não mude agora, Conor. Siga em frente. Isso é o que te trouxe até aqui. Não seja  cabeça dura e pense que está acima de tudo porque isso é o início da queda - afirmou.

Além de Miesha Tate x Amanda Nunes o UFC 200 conta com José Aldo x Frankie Edgar pelo título interino dos penas, e a revanche entre Daniel Cormier e Jon Jones na divisão dos meio-pesados.