LANCE!
04/02/2017
15:35
Rio de Janeiro (RJ)

Anderson Silva volta ao octógono no próximo dia 11 de fevereiro, em Brooklyn, Nova York (EUA), pelo UFC 208. Será a chance do brasileiro voltar a vencer no UFC depois de mais de quatro anos sem conquistar uma vitória em uma luta oficial. Mas se engana quem pensa que ele se preocupa com tal responsabilidade com o resultado positivo. 

Escalado para encarar Derek Brunson na co-luta principal do UFC 208, Spider explicou que está mais preocupado com ser feliz do que necessariamente voltar a vencer dentro do octógono mais famoso do mundo.

- A vitória na minha vida, na sua vida, é importante. Acho que a coisa mais importante agora é ser feliz, trabalhar feliz. Tenho lutado por muito tempo na minha vida e trabalhado duro no UFC. Mudei um pouco o meu foco. Eu foco na família e nos meus diferentes trabalhos fora do UFC. Acho que agora, pra mim, não é importa quantas lutas eu perdi, quantas ganhei. Apenas trago meu coração e faço o meu melhor - explicou o ex-campeão, em conferência por telefone do UFC 208.

Anderson Silva venceu pela última vez em outubro de 2012, quando bateu Stephan Bonnar no UFC 153, no Rio de Janeiro. De lá para cá, foram quatro derrotas e um "No Contest" (Luta sem resultado) em cinco combates. 

Além de Spider x Brunson, o UFC 208 conta com disputa do cinturão inaugural peso-pena feminino entre Holly Holm e Germaine de Randamie, além do confronto peso-médio entre Ronaldo Jacaré e Tim Boetsch.