LANCE!
17/07/2016
14:10
Rio de Janeiro (RJ)

A luta que mais mexeu com os fãs no UFC 200 foi o confronto entre Daniel Cormier e Anderson Silva. O duelo intrigante contou com diversas vaias do público devido ao longo tempo que passou no solo, onde o americano trabalhou seu wrestling para controlar as ações da luta e dominar Spider para vencer na decisão dos juízes. Mas embora a maioria pense que as vaias foram para o estilo de luta desempenhado, Chael Sonnen tem uma opinião diferente.

Para o falastrão americano, que esteve na arena para ver o show de perto e trabalhar como comentarista, parte das vaias foram para o fato de que muitos fãs estavam contra Cormier. Vale lembrar que o campeão meio-pesado enfrentaria Jon Jones no evento, mas o doping do rival cancelou a disputa. 

- Isso foi mal entendido. Os fãs não ligaram para o que Daniel fez. Os fãs queriam ver Daniel nocauteado. E eles sabiam que isso não iria acontecer. Eles não tinham problema com a forma que ele lutou. Eles apenas queria que ele perdesse. Isso é tudo o que aconteceu. Brock (Lesnar) teve o mesmo plano de jogo e apresentação, mas eles estavam felizes, pois queriam que Brock vencesse - afirmou o ex-lutador, em entrevista ao site MMA Fighting.