Ronda Rousey fala com a imprensa antes do UFC 193 (FOTO: Reprodução)

               Ronda Rousey fala com a imprensa antes do UFC 193, que acontece neste sábado (FOTO: Reprodução)

LANCE!
13/11/2015
11:21
Melbourne (AUS)

Antes de chegar ao MMA, Ronda Rousey fez história no judô. A americana foi a primeira atleta mulher a conquistar uma medalha olímpica no judô para os Estados Unidos. Mas a medalha de bronze em Pequim (2008), assim como a de prata no mundial de 2007 ensinaram a campeã do UFC como é o gosto de falhar. E ela não quer mais passar por isso.

Se no judô a americana alcançou feitos, mas sente como se tivesse falhado, no MMA, após 12 lutas, ela conta com um cartel perfeito de 12 vitórias, sendo todas elas vencidas por finalização ou nocaute.

- Passei pelas piores derrotas possíveis. Perdi nas finais do campeonato mundial de judô, queria ser campeã mundial como minha mãe. Meu sonho desde que era criança era ser campeã nas Olimpíadas, e falhei duas vezes. Ninguém sabe como é o sentimento de falha como eu. Por isso vou caminhar e vencer a cada vez que eu me apresentar. Já perdi o suficiente, chega - cravou a dona do cinturão, em conversa com a imprensa no Media Day do UFC 193. 


O UFC 193 acontece neste sábado, em Melbourne, na Austrália, e além de Ronda x Holm conta com a disputa de título peso-palha feminino entre Joanna Jedrzejczyk e Valerie Letourneau. Ainda no card, a revanche histórica entre Antônio Pezão e Mark Hunt pelos pesados.

Confira as lutas do UFC 193
​Ronda Rousey x Holly Holm
Joanna Jedrzejczyk x Valerie Letourneau
Mark Hunt x Antônio Pezão
Uriah Hall x Robert Whittaker
Stefan Struve x Jared Rosholt
Card Preliminar
Jake Matthews x Akbarh Arreola
Kyle Noke x Peter Sobotta
Anthony Perosh x Gian Villante
Richie Vaculik x Danny Martinez
Daniel Kelly x Steve Montgomery
Richard Walsh x Steven Kennedy
James Moontasri x Anton Zafir
Ben Nguyen x Ryan Benoit