LANCE!
12/11/2016
07:00
Nova York (EUA)

A pesagem do UFC 205, que aconteceu na última sexta-feira (11), em Nova York (EUA), contou com uma encarada surpresa ao final do evento: Ronda Rousey e a campeã dos galos, Amanda Nunes, roubaram a cena e ficaram frente a frente pela primeira vez, protagonizando uma encarada tensa.
ASSISTA AO UFC 205 AO VIVO


As lutadoras se enfrentam no UFC 207, que acontece em 30 de dezembro e, enquanto Amanda Nunes concedeu uma entrevista após a encarada, Ronda Rousey não esperou sua vez e deixou o palco com cara de poucos amigos.

- Essa é a luta que eu pedi. Treinei minha carreira toda para enfrentar essa garota, e agora tenho a chance de defender meu cinturão contra ela. Será incrível - disse a campeã dos galos.

Na encarada principal, Conor McGregor e Eddie Alvarez dessa vez não deram trabalho ao presidente do UFC, Dana White, que impediu que os atletas chegassem muito perto um do outro, para evitar confusão. No entanto, o irlandês pediu ao mandatário para poder fazer a encarada, garantindo que ficaria apenas na troca de olhares com Eddie e cumpriu o pedido. 

- É só mais um outro dia para mim, eu faço isso todos os dias. Amanhã vou fazer isso pelos meus fãs. Levantem-se, vamos fazer isso de novo - disse Conor, em entrevista ainda no palco.

Bastante vaiado, o campeão dos leves, Eddie Alvarez prometeu calar os barulhentos fãs de Conor McGregor e esbanjou confiança.

- Estou aqui para representar a Costa Leste. Eu vou silenciar a todos vocês amanhã - garantiu.

Na co-luta principal, o campeão dos meio-médios Tyron Woodley e o desafiante Stephen Thompson fizeram uma encarada tranquila e marcada pelo respeito. Já a campeã dos palhas Joanna Jdrzejczyk e Karolina Kowalkiewicz protagonizaram uma encarada tensa e cheia de provocações, principalmente por parte da detentora do cinturão, que estava com 'sangue nos olhos'.

Ex-campeão dos médios, Chris Weidman e Yoel Romero se cumprimentaram em clima ameno e confirmaram o duelo de sábado. Entre os brasileiros, Thiago Pitbull, que fará sua estreia no peso leve, estourou o limite de peso em mais de 3 kg e perderá 20% da bolsa para o adversário Jim Miller. Os atletas mantiveram a distância, com a guarda alta, fazendo uma encarada tradicional.

Já Vicente Luque e Rafael Natal “Sapo” que enfrentam, respectivamente, Belal Muhammad e Tim Boetsch, não tiveram problemas com a balança, assim como seus adversários e protagonizaram encaradas cordiais.

Durante a pesagem oficial, realizada na manhã da sexta-feira (11), o meio-médio Kelvin Gastelum alegou que não conseguiria atingir o limite da categoria e não apareceu na pesagem, cancelando a peleja contra Donald Cerrone.

Confira abaixo os resultados completos e o vídeo da pesagem do UFC 205:

Eddie Alvarez (70,1kg.) x Conor McGregor (70kg.)
Tyron Woodley (77kg) x Stephen Thompson (76,6kg.)
Joanna Jedrzejczyk (51,9kg.) x Karolina Kowalkiewicz (51,9kg.)
Chris Weidman (84,2kg.) x Yoel Romero (84,1kg.)
Miesha Tate (61,5kg.) x Raquel Pennington (61,5kg.)
Card preliminar 
Frankie Edgar (65,9kg.) x Jeremy Stephens (66,1kg.)
Khabib Nurmagomedov (70,6kg.) x Michael Johnson (70,6kg.)
Rafael Natal (84,1kg.) x Tim Boetsch (84,1kg.)
Vicente Luque (77,3kg.) x Belal Muhammad (77,1kg.)
Thiago Pitbull (73,7kg.) x Jim Miller (71,4kg.) *
Liz Carmouche (61,1kg.) vs. Katlyn Chookagian (61,2kg.)