LANCE!
24/04/2016
01:27
Las Vegas (EUA)

A co-luta principal do UFC 197, ocorrido neste sábado, em Las Vegas (EUA), significou mais um passo de Demetrius Johnson para se tornar um dos maiores lutadores da história. Com uma atuação precisa e agressiva, o campeão dos moscas nocauteou o desafiante Henry Cejudo  aos 2m49seg do primeiro round com um nocaute técnico.

O duelo começou de forma agitada, com ambos sendo agressivos. Johnson acertou bons golpes, mas Cejudo chegou a colocar o rival para o solo, mesmo sem durar muito tempo. Após trabalhar posições na grade, Demetrious encaixou uma cotovelada e uma séria de joelhadas que fez Henry cair no solo de dor. Foi preciso apenas que Johnson finalizasse o combate com mais alguns golpes no rival caído.

Com o resultado, Johnson chegou à oitava defesa de título bem sucedida de forma consecutiva. O campeão dos moscas soma 24 vitórias e apenas duas derrotas na carreira. Já Cejudo, tem interrompida uma sequência dez vitórias consecutivas no MMA e conhece a primeira derrota.

Barboza vence bem
Diante da luta mais importante de sua carreira, Edson Barboza mostrou que está de volta ao caminho das vitórias. Com uma performance focada e alternando muito bem os ataques na cabeça e no corpo, com socos e chutes, o brasileiro dominou o duelo com o ex-campeão Anthony Pettis e levou o triunfo na decisão unânime dos juízes.

- Treinei muito e estou muito feliz. Eu treino como eu luto. Se eu luto assim, ninguém me para. Sempre vou e dou o meu melhor, sei que posso vencer qualquer um - declarou Edson Barboza, logo após a luta.

Sapo tem sequência quebrada
Primeiro brasileiro a lutar no card preliminar do UFC 197, Rafael Sapo não se deu bem e teve interrompida uma sequência de quatro vitórias consecutivas. O brasileiro foi dominado por Robert Whittaker durante três rounds e perdeu na decisão dos juízes.