LANCE!
16/02/2016
10:20
Rio de Janeiro (RJ)

A derrota de Ronda Rousey para Holly Holm, em novembro de 2015 poderia ter consequências muito piores do que apenas uma perda de cinturão do UFC. A americana, sentida como a forma que perdeu, pensou em tirar sua vida.

Em entrevistas ao programa "The Ellen DeGeneres Show", a ex-campeã estava desolada após o combate e cogitou suicídio. No entanto, seu namorado Travis Browne foi peça fundamental para que ela mudasse de ideia e revelou o motivo da decisão.

- Estava desolada, pensando em me matar com a ideia na cabeça de que não era ninguém e que ninguém se importava comigo. Mas levantei e vi o Travis. Nessa hora pensei que precisava me manter viva para ter filhos dele - revelou.

A atuação de Ronda neste combate também foi relembrada. A americana acredita que uma sequência de lutas em pouco tempo de descanso também foi fundamental para que ela não se apresentasse melhor.

- Não acho que alguém tenha feito três defesas de título em nove meses. Então acredito que isso que foi diferente desta vez - completou.