Luis Fernando Coutinho
27/11/2015
17:52
Rio de Janeiro (RJ)

Um dos assuntos mais debatidos após a derrota de Ronda Rousey no UFC foi o desempenho da americana na trocação. Meses depois de atropelar Bethe Correia e nocautear a brasileira aos 34 segundos de lutas, no UFC 190, a estrela usou a mesma estratégia contra uma ex-campeã mundial de boxe. O resultado foi longe de ser o mesmo. Ela acabou dominada por Holly Holm na trocação e derrubada com um chute alto no segundo round da luta principal do UFC 193.

Ícone do esporte brasileiro e tetracampeão mundial, Acelino Popó Freitas avaliou o desempenho de Rousey na trocação e criticou a postura da americana antes da luta com Holm.

- Ronda foi infeliz de pegar uma lutadora de boxe e querer trocar. O que aconteceu com a Bethe é que ela esqueceu de fazer a parte tática e técnica contra a Ronda. Falou muito, além do normal. Lutador que é lutador não fala muito - vai e faz. Falar, criticar, pode ser um perfil dela, mas o bom do lutador é que não fala, vai e faz. Vimos toda a humildade da Holly Holm que bonito. A Ronda Rousey não cumprimentou na pesagem, não cumprimentou na luta, foi lá e tomou porrada. O que Bethe fez com a Ronda, a Ronda fez com a Holm - apontou o astro do boxe.

Acelino Popó Freitas é tetracampeão mundial (FOTO: Arquivo Pessoal)
Acelino Popó Freitas é tetracampeão mundial (FOTO: Arquivo Pessoal)



Ao comentar a parte técnica de boxe de Ronda, que foi falha contra Holm, Popó se limitou a dizer que a americana não é especialista no assunto.

- Ronda nunca mostrou em nenhuma luta ser boa de boxe, a não ser com a Bethe. Mas as outras lutas foram golpes de jiu-jitsu e judô. Ninguém viu nada de boxe. É mais bonito vê-la jogando pessoas no chão do que trocando soco. Ela não é uma lutadora de boxe, não é uma especialista em boxe - destacou.

Depois de voltar a lutar após três anos e nocautear o argentino Mateo Veron, o brasileiro pretende voltar a lutar ainda em 2015 em busca do quinto tíulo mundial de boxe.