LANCE!
17/10/2017
12:10
Rio de Janeiro (RJ)

Georges Saint-Pierre está prestes a retornar ao octógono mais famoso do mundo. E embora muitas vezes caia na pilha de provocações do rival Michael Bisping, o canadense não perde a classe ao falar sobre o desafio que tem pela frente em disputa de cinturão válida pelos médios.

Antes do UFC 217, que acontece no dia 4 de novembro, em Nova York (EUA), St-Pierre falou em entrevista ao Combate.com sobre o confronto com o atual campeão dos médios e pregou respeito.

- Bisping é um campeão muito bom, vai ser o maior desafio que eu já tive na minha carreira. Ele nunca desistiu de enfrentar ninguém, então é uma luta interessante e muito dura e estou me preparando para ela. Ele é o cara mais perigoso que já enfrentei, porque é uma divisão de peso diferente. Não luto há quase quatro anos, ele tem um conjunto de habilidades excelente, é bom na trocação, no kickboxing, e tem o coração de um leão, então isso é o que faz dele um adversário muito perigoso - afirmou o canadense.

A superluta entre St-Pierre e Bisping acontece no dia 4 de novembro, em Nova York (EUA), pelo UFC 217. O show ainda conta com outras duas disputas de título. Pelos galos, Cordy Garbrandt defende o título contra TJ Dillashaw, enquanto na divisão peso palha feminino Joanna Jedrzejczyk coloca seu cinturão em jogo contra Rose Namajunas.