LANCE!
24/10/2017
11:55
Rio de Janeiro (RJ)

A nova versão de Georges Saint-Pierre, segundo o próprio anuncia antes de seu retorno ao octógono, inclui uma postura mais provocativa. O astro canadense tem rebatido e atirado farpas contra Michael Bisping à medida que o UFC 217, que acontece no dia 4 de novembro, em Nova York (EUA), se aproxima. 

Antes da disputa de cinturão dos médios, o ex-campeão dos meio-médios diz acreditar que as provocações de Bisping em relação a trocação de St-Pierre sinalizam um medo de que o canadense o coloque para baixo. 

- Ele está tocando sempre a mesma música. Ele está aterrorizado de medo de que eu use meu wrestling contra ele. Em toda entrevista que ele dá, ele implora para que eu fique de pé e troque golpes com ele. Em toda entrevista... Se você não sabe nada de chão, mão deveria lutar MMA. Você deveria lutar kickboxing. Lutar no solo é parte do jogo, e ele está aterrorizado. Então ele quer dizer que vai trocar comigo (...) Vou usar todas as minhas ferramentas Não apenas uma ferramenta, mas todas elas. Isso é um jogo mental que ele está tentando jogar - comentou o canadense, em entrevista ao programa The MMA Hour.

Além de St-Pierre x Bisping, o UFC 217 conta com mais duas disputas de cinturão. Cody Garbrandt defende o título dos galos contra TJ Dillashaw, enquanto Joanna Jedrzejczyk coloca seu cinturão peso palha feminino em jogo contra Rose Namajunas.