Sertanejo

Sertanejo finalizou Jerrod Sanders no segundo round do confronto no UFC Fight Night (Foto: Luis Fernando Coutinho)

Luis Fernando Coutinho
08/07/2016
12:30
Las Vegas (EUA)

Felipe Sertanejo tem grandes motivos para comemorar. Além da vitória por finalização contra Jerrod Sanders no segundo round do confronto realizado no card preliminar do UFC Fight Night, em Las Vegas (EUA), o brasileiro será pai dentro de cerca de 20 dias. Após o combate, o lutador da Chute Boxe falou com o LANCE! sobre a realização e dedicou o triunfo ao filho.

O lutador ainda reclamou do tempo inativo e, apesar de querer dedicar alguns meses para curtir o filho após o nascimento, mira um retorno ao octógono em breve para evitar a "adrenalina de estreia".

- Quero lutar esse ano, fiquei um ano parado e essa adrenalina quando ficamos muito tempo parado é ruim. Parecia que eu estava estreando. Isso não é bom. Quero ter mais atividade. Quero curtir o meu filho, quero ter uns três, quatro meses para curti-lo e quero lutar esse ano ainda. A cada soco, a cada chute no treino, penso no meu filho. Agora não é só eu, agora tudo o que fizer na minha vida é para ele. Essa vitória foi para ele, tudo para ele daqui para frente - afirmou o atleta.

Sobre a performance no evento, Sertanejo explicou que tem investido no jiu-jitsu para surpreender os rivais que fogem do seu jogo de trocação.

- Na verdade, eu esperava nocauteá-lo no primeiro round. Ele é muito forte, mas estou treinando muito jiu-jitsu. Sei que sempre querem me colocar para baixo, pois sabem que é difícil trocar porrada com alguém da (academia) Chute Boxe. Tenho que treinar muito jiu-jitsu porque se me colocarem para baixo vou finalizar - disparou, esbanjando confiança.