Thales

               Thales Leites é parceiro de treinos de José Aldo na academia Nova União - (Foto: Erik Engelhart)

Erik Engelhart
19/10/2016
13:05
Rio de Janeiro (RJ)

Campeão interino dos penas do UFC, José Aldo afirmou recentemente que irá pendurar as luvas e que perdeu a vontade de competir no MMA, após ser 'passado para trás' pela organização presidida por Dana White, ao ficar sem sua revanche contra Conor McGregor e ainda ver o irlandês fazer a terceira luta fora da categoria, deixando a divisão sem desafiantes no ano de 2016.

O manauara se encontra com Dana White nesta quarta-feira (19), em Las Vegas (EUA), para definir o seu futuro na organização. Apesar de já ter se mostrado irredutível, o companheiro de treinos de Aldo, Thales Leites, torce pelo retorno do maior campeão da história dos penas, conforme declarou em media day realizado na última quarta-feira (18), no Rio de Janeiro.

- Na minha opinião, ele não deveria se aposentar, até porque acho difícil que o UFC o libere. Ficou claro que foram dois pesos e duas medidas. Quando o Aldo era o campeão, ele quis subir de categoria para lutar com o Pettis, mas o UFC pediu para ele deixar o cinturão vago. Agora estão fazendo isso (McGregor vai disputar o título dos leves sem deixar o cinturão dos penas vago) -  disse Thales.

Conor Mcgregor disputa o cinturão dos leves no dia 12 de dezembro, em Nova York (EUA), diante do campeão Eddie Alvarez. Com uma visão bem realística da atual fase em que vive o UFC, Thales acredita que Aldo está apenas 'jogando o jogo'.

 - McGregor é bom, ninguém é campeão à toa. Ele é fanfarrão, mas é bom, um cara duro. Ele está vendendo o dele. Todo mundo pode criticar, mas quando for o dia da luta dele contra o Alvarez todo mundo vai assistir, comprar o pay per view. E isso movimenta a economia. O UFC não está errado. Acho que o Aldo está certo, está fazendo barulho e jogando o jogo - encerrou.

Aos 35 anos, Thales Leites vem de vitória diante de Chris Camozzi por finalização e se prepara para encarar o polonês Krzysztof Jotko, em luta que acontece no dia 19 de novembro, em São Paulo.