Bethe Correia enfrentou Ronda Rousey no UFC 190, no Rio de Janeiro

Bethe Correia encara Holly Holm no próximo sábado.(FOTO: Divulgação/Inovafoto)

Luiz Fernando Ferreira
15/06/2017
16:40
Rio de Janeiro (RJ)

Uma das principais lutadoras do Brasil no Ultimate, Bethe "Pitbull'' Correia, fará neste sábado a luta principal do UFC Fight Night Singapura, contra a ex-campeã Holly Hom. Confiante, ela acredita que a rival foi superestimada após a vitória contra Ronda Rousey.

Em sua última luta, Bethe empatou com Marion Reneau, no UFC Fortaleza, em março. Sem perder tempo, a brasileira já topou o desafio de lutar contra Holly Holm no intervalo de três meses. Sobre a sua preparação para o duelo com a americana, a paraibana disse que treinou forte em todas áreas e se mostra preparada para qualquer situação na luta de sábado.


– Fiz a preparação toda em Natal. Foi um camp em cima do outro, lutei em março, né? Mas foi ótimo. Eu treinei mais MMA mesmo pra essa luta, muito chão, muito grappling, boxe, muay thai. Tudo para estar pronta para qualquer situação. Não quis focar mais em uma modalidade, quero estar pronta pra tudo e estar atenta paras as qualidades e defeitos dela - afirmou, em entrevista exclusiva ao LANCE!.

Holm tem como o seu ponto forte a trocação, pois já foi campeã mundial de Boxe em várias oportunidades, porém, o jogo do solo da americana é considerado o seu ponto fraco. Mesmo sendo conhecida por sua agressividade em pé, Bethe disse que se tiver brecha irá aproveitar a situação com seu jogo de grappling.

- Eu treinei tudo, fiz um jogo muito completo. Se houver brecha, vou aproveitar. Estou bem confiante no meu grappling - revelou a brasileira.

Holly Holm chocou o mundo em novembro de 2015, quando nocauteou a Ronda Rousey no UFC 193. Após o triunfo histórico, ela foi derrotada três vezes consecutivas para Miesha Tate, Valentina Shevchenko e Germaine de Randamie - a última em fevereiro. Na visão de Bethe, a sua adversária acabou sendo superestimada por não corresponder às expectativas, mas ressalta a qualidade de Holm.

- Eu acredito sim (Holm foi superestimada) quando ela venceu a Ronda, ela ganhou uma repercussão que nem ela esperava. As pessoas acabaram esperando muito dela e ficaram desapontadas, já que ela não segurou o cinturão e perdeu muito depois. Mas isso não a torna uma lutadora ruim, ela é uma boa lutadora, mas as pessoas jogaram muita expectativa em cima dela - disse a brasileira.

Bethe Correia tem luta marcada neste sábado, no UFC Fight Night Singapura. A brasileira encara a ex-campeã Holly Hom na luta principal do evento na Ásia. Rafael dos Anjos é outro brasileiro a entrar em ação no show. Ele estreia nos meio-médios contra Tarec Saffiedine.

Confira as lutas do UFC Fight Night Singapura

Holly Holm Vs Brasil Bethe Correia
Andrei Arlovski Vs Marcin Tybura
Dong Hyun Kim Vs Colby Covington
Tarec Saffiedine Vs Rafael dos Anjos
Card Preliminar
Takanori Gomi Vs Guam Jon Tuck
Cyril Asker Vs Walt Harris
Alex Caceres Vs Rolando Gabriel Dy
Justin Scoggins Vs Ulka Sasaki
Li Jingliang Vs Frank Camacho
Kwan Ho Kwak Vs Russell Doane
Naoki Inoue Vs Carls John de Tomas
Ji Yeon Kim Vs Lucie Pudilova