Georges Saint Pierre e Nick Diaz (Foto: Divulgação/UFC)

                       Georges Saint Pierre derrotou Nick Diaz na decisão em março de 2013 -  (Foto: Divulgação/UFC)

LANCE!
04/08/2016
09:32
Rio de Janeiro (RJ)

Meio-médio do UFC, Nick Diaz está livre para voltar a lutar, após um ano e meio suspenso por ter sido flagrado de maneira reincidente por uso de maconha, em sua luta contra Anderson Silva, em janeiro de 2015.

Após a liberação, o lutador americano já voltou as manchetes com mais polêmica. Em entrevista à ESPN, Diaz declarou que acredita ter sido drogado antes de sua luta contra Georges St-Pierre, que aconteceu em 2013, no Canadá e acusou o rival de não ter batido o peso.

- Quando lutei contra GSP, primeiro de tudo, alguém me drogou. E ele não bateu o peso. A comissão veio até mim e disse que ele não estava tentando e que, se tivesse um pound (0.4kg) ou não de tolerância, não faria diferença. Se a luta tivesse sido em Las Vegas, onde deveria ter sido, eles teriam feito o antidoping na gente, como também não dariam um pound de tolerância. Sendo assim, ele teria que ter batido o peso - disparou.

Apesar de ainda não ter data para retornar ao octógono, Nick Diaz foi citado pelo atual campeão dos meio-médios, Tyron Woodley, que declarou que gostaria de fazer sua primeira defesa de cinturão diante do compatriota.